A açao da radiação ionozante causa

Radioterapia é uma forma de combate ao câncer que utiliza radiação ionizante para combater o crescimento de células cancerosas. Apesar de existirem diferentes formas de radioterapia, todas funcionam de forma similar: a radiação ionizante danifica as células cancerígenas, impedindo a progressão da doença.

Full
Answer

O que é a radiação ionizante?

O que é radiação ionizante? Radiação ionizante é uma forma de radiação que carrega consigo energia suficiente para arrancar elétrons que se encontram ligados a átomos e moléculas.

Por que a radiação ionizante é invisível?

A radiação ionizante é invisível e não é diretamente percebida pelos sentidos humanos. Por esse motivo, são necessários instrumentos para detectar radiação, como contadores Geiger. No entanto, pode causar a emissão de luz visível imediatamente após a interação com a matéria, como na radiação e radioluminescência de Cherenkov.

Quais são as consequências biológicas da radiação ionizante?

A radiobiologia é o campo interdisciplinar da ciência que abrange as consequências biológicas da radiação ionizante e não ionizante através do espectro de ondas eletromagnéticas. Este campo inclui radioatividade (alfa, beta e gama), raios X, raios ultravioleta, luz visível, microondas e ondas de rádio.

Como se proteger da radiação ionizante?

Uma forma de se proteger é a manutenção de ambientes ventilados, evitando a concentração desse gás. Fontes não naturais, ou produzidas pelo homem, de radiações ionizantes são comumente encontradas nos cuidados em saúde (raios-x, tomografia computadorizada e radioterapia) e na geração de energia (usinas nucleares).


O que a exposição à radiação pode causar?

Grandes doses de radiação ionizante podem causar doença aguda reduzindo a produção de células sanguíneas e danificando o trato digestivo. Uma dose muito grande de radiação ionizante também pode danificar o coração e os vasos sanguíneos (sistema cardiovascular), o cérebro e a pele.


Quais os efeitos biológicos da radiação?

Os fenômenos biológicos da radiação são uma conseqüência dos fenômenos físicos e químicos. Alteram as funções específicas das células e são responsáveis pela diminuição da atividade da substância viva, por exemplo: perda das propriedades características dos músculos.


Quais são as doenças causadas pela radiação?

A radioatividade entra no corpo através da inalação ou é absorvida através da pele. Câncer de tireoide, tumores, leucemia aguda, doenças oculares, distúrbios psicológicos e até mesmo danos à composição genética são apenas algumas das piores consequências à saúde que a alta exposição à radiação pode causar em humanos.


Quais os riscos da exposição à radiação durante a mamografia?

Esta análise sugere um risco pequeno, porém real de câncer, se as doses de radiação estiverem em décimos de mGy (como utilizados em TC). Uma angioTC pulmonar de rotina realizada para detecção de embolia pulmonar emite a mesma quantidade de radiação para as mamas do que cerca de 10 a 25 mamografias de duas incidências.


Quais são os efeitos biológicos?

Os efeitos biológicos podem ocorrer após exposição do corpo inteiro ou de partes do corpo a doses de radiação não necessariamente muito altas. Por isso, o cuidado que se deve ter mesmo com níveis baixos de radiação, como no caso do radiodiagnóstico. Esses efeitos podem ser divididos em efeitos somáticos e hereditários.


Quais são os efeitos biológicos das radiações ionizantes?

Ao interagir com o núcleo da célula a radiação pode produzir mutações radioinduzidas que não evoluem obrigatoriamente para câncer. O que se observa é que a probabilidade de cancerização a partir de células irradiadas é superior à probabilidade de ocorrência deste processo a partir de células não irradiadas.


Onde tem radiação?

As fontes naturais da radiação ionizante são os raios cósmicos e os radionuclídeos provenientes da crosta terrestre, encontrados em locais como no solo, nas rochas, nos materiais de construção, na água potável e no próprio corpo humano. Em relação à exposição às radiações por fontes naturais, o radônio merece destaque.


Quanto tempo dura a radiação no corpo?

15 minutosAs pessoas que estarão em contato com o paciente em tratamento não estarão expostas a nenhum tipo de radiação. A radiação permanece no corpo apenas durante o tempo em que o paciente fica no aparelho (de 7 a 15 minutos).


O que tira radiação do corpo?

A descontaminação de pessoas que entram em contato com material radioativo é feita de acordo com o nível da contaminação. Se a contaminação não for alta, é realizado um processo de lavagem do corpo da pessoa com a utilização de água, sabão e vinagre.


Que tipo de radiação e usado no exame de mamografia?

raios XO exame mais indicado para o diagnóstico da doença é a mamografia por raios X, porém, quanto mais frequente é a exposição das mulheres a esse tipo de radiação, maior o risco de indução do aparecimento de câncer em pacientes radiografadas.


Qual tipo de radiação utilizada na mamografia?

A dose total de radiação utilizada na mamografia 3-D (1,0 mSv) é mais alta do que a utilizada na mamografia convencional (0,5 mSv). embora seja relativamente baixa em comparação a alguns outros exames de imagem.


Quais os tipos de exposição à radiação?

Exposição externa: é resultante de fontes externas ao corpo, proveniente dos raios-X ou fontes radioativas. Exposição interna: resulta da entrada de material radioativo no organismo por inalação, ingestão, ferimentos ou absorção pela pele.


2. Radiação ionizante

A radiação ionizante é um tipo de energia de alta frequência produzida em usinas, que é utilizada em aparelhos de radioterapia e em exames de imagem, como por exemplo, a tomografia computadorizada.


3. Radiação não ionizante

A radiação não ionizante é um tipo de energia de baixa frequência que se propaga através de ondas eletromagnéticas, podendo ser provenientes de fontes naturais ou não naturais. Alguns exemplos deste tipo de radiação são ondas emitidas pelos rádios, celulares, antenas de TV, luz elétrica, rede wi-fi, microondas e outros equipamentos eletrônicos.


O que é radiação ionizante?

Radiação ionizante é uma forma de radiação que carrega consigo energia suficiente para arrancar elétrons que se encontram ligados a átomos e moléculas. Essa radiação pode ser de natureza corpuscular, como as radiações alfa e beta, ou de natureza eletromagnética, como a radiação gama, os raios X e algumas frequências de ultravioleta.


Radioterapia

Radioterapia é uma forma de combate ao câncer que utiliza radiação ionizante para combater o crescimento de células cancerosas. Apesar de existirem diferentes formas de radioterapia, todas funcionam de forma similar: a radiação ionizante danifica as células cancerígenas, impedindo a progressão da doença.


Formas de exposição

Indivíduos que trabalham na indústria nuclear ou em torno de equipamentos que emitem radiação (instituições médicas ou laboratórios); trabalhadores em minas subterrâneas de hematita, pela exposição ao radônio.


Principais efeitos à saúde

Náuseas, fraqueza, perda de cabelo, queimaduras na pele ou diminuição da função orgânica. Pacientes tratados com radiação frequentemente experimentam os efeitos agudos, devido à exposição em altas doses.


Medidas de controle

Recomenda-se o correto planejamento das atividades que serão desenvolvidas em ambientes de trabalho, de forma a diminuir as doses individuais, o número de pessoas expostas e a probabilidade de exposições acidentais. Os equipamentos de proteção Individual e Coletiva (EPC e EPI) devem ser utilizados por todos os trabalhadores (Minas Gerais, 2013).


Artigos

Sobre o autor: José Carlos Pelielo de Mattos é biólogo do Departamento de Biofísica e Biometria do Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes (IBRAG-UERJ) e professor adjunto do Departamento de Ciências da Natureza do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAp-UERJ).


A radiação ionizante em benefício do homem, por José Carlos Pelielo de Mattos

Sobre o autor: José Carlos Pelielo de Mattos é biólogo do Departamento de Biofísica e Biometria do Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes (IBRAG-UERJ) e professor adjunto do Departamento de Ciências da Natureza do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAp-UERJ).


O que é Hepatite A?

Hepatite A é uma inflamação do fígado causada por um vírus, geralmente tem um curso benigno, evoluindo para a cura espontânea em mais de 90% dos casos.


Causas

A hepatite A é causada pelo vírus da hepatite A. Sua transmissão ocorre pela ingestão de água ou alimentos contaminados com matéria fecal.


Sintomas de Hepatite A

Os sinais e sintomas da hepatite A geralmente aparecem 2 a 4 semanas após a infecção pelo vírus, que é o período de incubação do vírus. Entre os principais sintomas, estão:


Buscando ajuda médica

Marque uma consulta com seu médico se você tem sintomas similares aos da hepatite A. Se você foi exposto ao vírus, pode prevenir a infecção tomando uma vacina contra hepatite A ou imunoglobulina em até duas semanas após a entrar em contato com o vírus.


Na consulta médica

Anote todos os seus sintomas e leve-os ao médico. Procure descrevê-los em detalhes. Isso pode ajudar o médico a realizar o diagnóstico correto. Tire todas as suas dúvidas e responda adequadamente às perguntas que o especialista deverá lhe fazer, como:


Diagnóstico de Hepatite A

Exames de sangue são geralmente solicitados pelo médico para detectar a presença do vírus da hepatite A no corpo do paciente. Uma amostra de sangue é retirada e enviada a um laboratório para análise. Seu médico também pode discutir os sinais e sintomas com o paciente como parte do processo de diagnóstico.


Tratamento de Hepatite A

Não existe tratamento específico disponível para a hepatite A. O próprio corpo se encarregará de livrar-se do vírus da hepatite A. Na maioria dos casos, o fígado se cura da hepatite A completamente em um ou dois meses sem danos permanentes.


principais Efeitos Da Radiação Na Saúde

Image
Os efeitos da radiação ionizante na saúde dependem da idade da pessoa, do nível e do tempo de exposição a radiação, conforme explicado a seguir: A exposição a altos níveis de radiação ionizante, em pouco tempo, provoca a morte de células, levando ao surgimento da síndrome aguda de radiação, uma doença que causa s…

See more on tuasaude.com


Como Diminuir OS Efeitos Da Radiação

  • Para diminuir os efeitos da exposição a radiação, é importante fazer a descontaminação, que é a eliminação do material radioativo. A descontaminação pode ser feita de 2 formas:

See more on tuasaude.com


Como evitar A Exposição A Radiação

  • Para diminuir o nível de exposição é importante realizar exames que emitem radiação somente com indicação médica. Contudo, muitos procedimentos podem ser feitos com colete de chumbo para proteger as partes do corpo que não serão avaliadas. Além disso, é importante que a mulher sempre comunique ao médico se está grávida ou se existe a suspeita de gravidez. No caso de p…

See more on tuasaude.com

Leave a Comment