A açao de procedimentos

image


Quais são os procedimentos no Processo Penal?

O procedimento comum será ordinário, sumário ou sumaríssimo. Basicamente, ele será tratado pela quantidade de pena máxima aplicada para cada crime, ou seja, quando a pena máxima privativa de liberdade aplicada no tipo penal for igual ou superior a 4 (quatro) anos, o procedimento a ser empregado é o ordinário.


Quais as etapas do procedimento ordinário?

O procedimento comum ordinário no processo penaloferecimento da denúncia ou queixa. Recebimento ou rejeição pelo juiz;citação do réu;resposta à acusação;absolvição sumária (art. 397, CPP);audiência de instrução e julgamento.


Quais crimes seguem o procedimento ordinário?

394, § 1º, CPP): – Ordinário – aplicável para os crimes com pena máxima igual ou superior a 04 anos. – Sumário – aplicável para os crimes com pena máxima inferior a 04 anos. – Sumaríssimo – aplicável para os crimes de menor potencial ofensivo da Lei 9.099/95 (pena máxima não superior a 02 anos) ou contravenções penais.


O que é um procedimento sumário?

O procedimento sumário tem como finalidade propiciar maior celeridade à solução de determinadas causas, seja em razão do valor envolvido, seja em razão da pouca complexidade da matéria. O legislador criou dispositivos que tornaram esse procedimento mais simplificado e concentrado, quando comparado com o rito ordinário.


Quais são as 4 fases do procedimento comum?

Petição Inicial.Saneamento.Audiência de Instrução e Julgamento.Fase Postulatória.“sentença.


O que é um procedimento ordinário?

Bem, primeiramente o Procedimento Ordinário é aquele que não comporta restrição acerca de meios probatórios – como a oitiva de testemunhas, a realização de perícia e inspeção judicial, entre outros – sendo permitidos também aqueles que sequer estão previstos no Código de Processo Civil.


Quais são as características e quais crimes se aplica o procedimento comum ordinário?

Procedimento ordinário: quando o crime tiver por sanção máxima pena privativa de liberdade igual ou superior a 04 (quatro) anos. Suas disposições são aplicáveis subsidiariamente aos procedimentos especial, sumário e sumaríssimo (CPP, art. 394, §5º).


Quais as exceções previstas no CPP como elas são processadas no procedimento comum ordinário?

Exceções peremptórias são a coisa julgada, a ilegitimidade da parte, a litispendência, que devem ser opostas no prazo da defesa escrita, segundo o artigos 108 e 110 combinado com o artigo 396 do Código de Processo Penal.


Quais são os crimes de procedimento especial?

O procedimento especial apontado por estes dispositivos, se aplica aos crimes contra a honra, que são delitos de ação penal privada, não abrangendo os delitos de ação pública, a saber os crimes contra a honra do Presidente da República, o de funcionário público no exercício da função e a injúria real, dispostos ao …


O que é procedimento ordinário sumário e Sumarissimo?

O procedimento comum será ordinário, sumário ou sumaríssimo: I – ordinário, quando tiver por objeto crime cuja sanção máxima cominada for igual ou superior a 4 (quatro) anos de pena privativa de liberdade; II – sumário, quando tiver por objeto crime cuja sanção máxima cominada seja inferior a 4 (quatro) anos de pena …


Qual a diferença entre rito sumário e Sumarissimo?

O rito sumário está previsto no art. 2º, §§ 3º e 4º da Lei nº 5.584/70. b) Rito sumaríssimo: é o rito mais utilizado na prática forense, em concursos e provas. O processo seguirá o rito sumaríssimo quando o Valor da Causa estiver entre 2 (dois) salários mínimos e 40 (quarenta) salários mínimos.


O que é procedimento sumário e ordinário no CPC?

Desse modo, não existe mais procedimento sumário e ordinário no NCPC, apenas o procedimento comum e os procedimentos específicos. Art. 318, NCPC: Aplica-se a todas as causas o procedimento comum, salvo disposição em contrário deste Código ou de lei. Parágrafo único.


Função ou Procedimento?

As funções ( functions ), também conhecidas como sub-rotinas, são muito utilizadas em programação. Um dos grandes benefícios é não precisar copiar o código todas as vezes que precisar executar aquela operação, além de deixar a leitura do código mais intuitiva.


Parâmetros

Funções (e procedimentos) podem ou não receber parâmetros. No caso da função de raiz quadrada, é necessário passar como parâmetro o número que se deseja calcular a raiz, o procedimento ESCREVA, requer um texto como parâmetro para apresentar na tela do usuário.


Usando funções na prática!

Acho que já deu pra entender o que são funções e procedimentos, vamos ver agora como utilizá-las. Abaixo a um algoritmo que calcula a hipotenusa de um triângulo retângulo, dado os lados, utilizando a função RAIZQ do Visualg.


Conclusão

Funções e procedimentos são utilizados com muita frequência em desenvolvimento de softwares. São vários benefícios como: evita duplicação de código quando precisamos executar a mesma operação várias vezes, deixa o entendimento do algoritmo mais intuitívo, pois tiramos a parte complexa do código do fluxo principal do algoritmo, etc.

image

Leave a Comment