A açao do ventoelementos de transformaçao do vento

Quais são os efeitos do vento em função das aberturas?

2.3.4.5 Efeitos estáticos do vento O efeito do vento é sempre considerado como ação dinâmica, pois a velocidade do mesmo varia, temporalmente, de intensidade. Como ilustração, a figura 2.10 mostra os efeitos do vento nas aberturas a barlaventoe a sotavento.

Como analisar o efeito do vento?

Para a maioria das situações, o efeito do vento pode ser analisada estaticamente, a partir dos coeficientes de pressão (externo e interno), de forma, de força e de torção. a)Coeficientes de pressão (c

Qual a diferença entre o ar e o vento?

Quando temos a movimentação do ar, temos os ventos. Sua intensidade pode variar de acordo com as condições geográficas e climáticas, podendo trazer sensações de alívio e frescor ou mesmo causar destruições catastróficas. O vento é o ar em movimento.

Quais são os efeitos do vento nas estruturas?

O Vento e seu Efeito nas Estruturas Denomina-se vento o movimento horizontal do ar. O ar quente e leve tende a subir, enquanto o frio e denso tende a ocupar o seu lugar.


O que e a ação dos ventos?

SIGNIFICADO DE AÇÃO DO VENTO Sobrecarga a que estão sujeita as estruturas, resultante do chocar do vento contra partes diretamente expostas das mesmas ou contra elementos intermediários que transmitem às ditas estruturas o seu efeito.


Como ocorre a ação dos ventos sobre o relevo?

Ação dos ventos Em grande parte dos casos, o vento modifica o relevo em regiões litorâneas e também desérticas. Ambas são áreas de concentração de areia, desse modo, o vento sopra deslocando-a de um lugar para outro. Tal fenômeno é responsável pela formação das dunas.


Como o vento e formado?

Isso tem uma explicação: em algumas regiões da Terra, nosso astro maior, o Sol, esquenta a superfície de forma mais acelerada. Ao longo desse processo, o ar quente do solo sobe e o ar frio vem de uma região distinta para ocupar seu espaço. Esse deslocamento de ar quente e frio faz com que o vento surja.


O que o vento pode gerar?

Para gerar energia elétrica, a força do vento é captada por hélices ligadas a uma turbina que aciona um gerador elétrico, os chamados aerogeradores. Essas turbinas têm a forma de um catavento e o seu movimento circular é responsável pela produção de energia elétrica.


Como a ação do vento e da água modifica o relevo?

O relevo é modelado externamente através de processos erosivos. Dentre os agentes externos, o que mais se destaca na formação do relevo são as forças das águas. Isso acontece porque a água da chuva produz enxurradas e deslizamentos de terra em encostas.


Quais são os agentes que agem sobre o relevo?

Entre os agentes formadores de relevo externo, podemos citar o vento, as chuvas, a neve, a mudança de temperatura, os próprios seres vivos, entre outros. Já entre os agentes internos pode-se citar os terremotos, vulcões ativos e abalos sísmicos.


Como se formam os ventos Qual sua relação com a pressão atmosférica?

Classificados como horizontais ou verticais (ascendentes ou descendentes), os ventos se formam pelas diferenças de pressão e temperatura entre as camadas do ar. … Os ventos verticais também se formam quando a camada de ar quente próxima ao solo sobe (por ser mais leve), substituída por outra fria, que desce.


O que o ar é formado?

O ar atmosférico é composto por vários gases. Uma análise nas camadas de ar seco e limpo ao nível do mar pode revelar uma composição de 21% de oxigênio, 78% de nitrogênio, 1% de argônio, e 0,03% de dióxido de carbono.


É verdade que o vento é o ar em movimento?

Vento é o ar em movimento sobre a superfície da Terra. Ele move-se em um espectro de vórtices que variam na escala de turbulência visível na fumaça de cigarros até movimentos giratórios de dimensões continentais, como os existentes nos ciclones e anticiclones.


Por que o vento faz barulho?

É verdade? O vento não assobia. Se nós estivermos num local isolado, por mais forte que seja o vento ele não assobia. Quando bloqueamos a sua passagem, por exemplo por uma janela ou outro obstáculo que provoque bloqueio, o vento entra pelas frestas e faz o barulho parecido com um assobio.


Quantos km de vento e forte?

Escala de BeaufortGrauDesignaçãokm/h3Brisa fraca12 a 194Brisa moderada20 a 285Brisa forte29 a 386Vento fresco39 a 499 more rows


Quando o vento pode prejudicar as pessoas e ao meio ambiente?

O vento forte reduz a sensação de calor na pele, o que pode levar ao descuido no tempo correto de reaplicação do protetor solar. A depender do lugar da prática esportiva, esse vento também pode prejudicar a pele e as vias respiratórias com uma quantidade maior de fuligem e outros poluentes do ar.


O que é vento?

O planeta está cercado de ar, que é a atmosfera. Esse ar torna a vida possível e está sempre se movimentando. Quando temos a movimentação do ar, temos os ventos. Sua intensidade pode variar de acordo com as condições geográficas e climáticas, podendo trazer sensações de alívio e frescor ou mesmo causar destruições catastróficas.


Origem do vento

Os ventos surgem de variações nas pressões atmosféricas, nas áreas de alta pressão e de baixa pressão. Eles sopram, em geral, das áreas mais altas para as mais baixas, em uma espécie de equilíbrio.


Tipos de ventos

A classificação dos tipos de ventos existentes no planeta varia de acordo com a intensidade, direção, temperatura, umidade, além de fatores locais. Vejamos os principais tipos de ventos que ocorrem no mundo.


Movimento dos ventos

A rotação do planeta faz com que, na Linha do Equador, os ventos soprem na horizontal, em linha reta. Entretanto, nos hemisférios Norte e Sul, essa movimentação ocorre de maneira diferente. No Hemisfério Norte, geralmente os ventos são forçados a soprar à direita, ocorrendo o oposto no Hemisfério Sul, isto é, à esquerda.


Importância dos ventos

O movimento do ar é fundamental para o desenvolvimento da vida na Terra. Em geral, os ventos têm a função de levar ar frio para o Equador e ar quente para os polos, um equilíbrio essencial para as temperaturas não ficarem tão extremas nas áreas citadas. Há também a importância da determinação dos diferentes tipos climáticos.


Fenômenos meteorológicos

A formação de fenômenos meteorológicos muito tem a ver com a movimentação das massas de ar e das diferenças na pressão atmosférica. Eventos como o surgimento de ciclones, furacões e tornados ocorrem em razão das diferenças nas pressões atmosféricas, umidade do ar, além das temperaturas em determinadas épocas do ano.


Força de arrasto

A força global do vento é o somatório de todas as ações do vento exercidas sobre uma edificação. Nas edificações de concreto armado buscamos calcular a força de arrasto, que indica a componente da força da direção do vento analisada.


Recado final

Você já aprendeu os conceitos necessários sobre a distribuição da força de arrasto para os pórticos da estrutura de contraventamento. Para consolidar bem esse conteúdo, iremos partir agora para a resolução de um exemplo aplicado sobre esse assunto.


RESUMO

Em todo o mundo há uma discussão enorme sobre as demandas de mercado na construção civil. Deste modo, a inserção de modelos de estruturas que sejam mais modernos e sustentáveis são fomentadas por trazer diversas vantagens para a Engenharia.


1. INTRODUÇÃO

O homem, através dos tempos, buscou explorar de forma sistemática os recursos existentes e com essa exploração os recursos naturais foram diminuindo e surgiu a preocupação com a sustentabilidade destes recursos, por serem importantes e essenciais a sobrevivência do homem na Terra e para garantir uma qualidade de vida as gerações presentes e futuras..


2. OS VENTOS E SUA INFLUÊNCIA NAS ESTRUTURAS METÁLICAS DE SUSTENTAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL

O IBS – Instituto Brasileiro de Siderurgia, na Construção Civil responde por 27% do consumo de aço no País, representando 13% da necessidade brasileira.


3. CONSIDERAÇÕES FINAIS

Nota-se que existem muitas vantagens no uso das estruturas metálicas que apresentam como a celeridade na obra, racionalização no uso de materiais e mão de obra, aumento de produtividade e por isso traz menor prazo de execução, quanto menor o prazo menor serão os custos, e mesmo sendo um material mais caro, ao final da obra terá benefícios financeiros maiores do que se tivesse usado outro tipo de estrutura mais convencional, como o caso de concreto armado..

Leave a Comment