A bariatrica acabou com meu refluxo gastroesofágico

image

A doença de refluxo gastroesofágico é uma morbidade que tem clara associação com o excesso de peso. Diante disso, bem como o tratamento de tantas outras doenças associadas, a bariátrica figura como o método mais eficaz no controle e mitigação dos sintomas de refluxo nesses pacientes. Entretanto, é necessário estar atento a alguns fatos.

Full
Answer


Quem fez bariátrica tem refluxo?

Os sintomas de Refluxo geralmente melhoram após a cirurgia de Bypass Gástrico. No entanto, os dados mostram efeitos conflitantes e, muitas vezes, agravamento dos sintomas, seguindo outros tipos de operações bariátricas como a Gastrectomia Vertical (Sleeve).


Como é o refluxo pós bariátrica?

Os sintomas são os mesmos dos estimados 20% da população que sofrem de refluxo sem ter realizado a cirurgia. Os mais comuns são azia, queimação, disfagia ou dificuldade em engolir alimentos, pigarros, tosse e eructação.


Quem tem gastrite é refluxo pode fazer bariátrica?

A indicação de cirurgia bariátrica não depende de gastrite ou refluxo.


Quanto tempo leva para curar o refluxo gastroesofágico?

Usualmente o período mínimo é de 8-12 semanas. Entretanto muitos pacientes não conseguem corrigir os hábitos de vida, a dieta e o peso, sendo, portanto, necessários períodos mais prolongados.


Quem fez cirurgia bariátrica pode tomar antiácido?

Segundo ele, pacientes que sofrem com refluxo gástrico ou passaram por cirurgia bariátrica são suscetíveis a abusar dos antiácidos. O recomendado pela bula é que o tratamento não ultrapasse oito semanas.


O que acontece com os grampos da cirurgia bariátrica?

Durante o procedimento cirúrgico contra a obesidade, o estômago é grampeado e suturado (costurado), e caso haja rompimento desses grampos ou pontos, haverá vazamento de secreção gástrica ou alimento para dentro da barriga e pele, o que pode levar a uma infecção. Esse “vazamento” é denominado de fístula.


Como fica o estômago após a cirurgia bariátrica?

Por que isso acontece? O estômago excluído, após a cirurgia, adquire um formato de bolsa e tomba para baixo. Esse novo formato o deixa suscetível à bile e também a outros fluidos produzidos na porção inicial do intestino, e pode armazenar uma parte deles.


Quem faz bariátrica arrota?

Entalo: um dos problemas mais comuns no pós-cirúrgico A frequência é bem variável; há certos indivíduos que passam por entalo todos os dias, enquanto outros possuem raras vezes dentro de um mês. Contudo, é praticamente inevitável que uma pessoa que realizou uma cirurgia bariátrica tenha um entalo.


É normal sentir azia depois da bariátrica?

A tendência após a cirurgia bariátrica é que o paciente melhore os sintomas de refluxo, entretanto, alguns tipos de cirurgia bariatrica específicos podem ter refluxo e azia como efeito adverso. O principal exemplo é a cirurgia de by-pass gastrojejunal com banda (Fobi Capella).


Como saber se o refluxo está melhorando?

A endoscopia digestiva alta e a pHmetria são exames importantes para estabelecer o diagnóstico definitivo. Tratamento: O tratamento pode ser clínico ou cirúrgico. O clínico inclui a administração de medicamentos que diminuem a produção de ácido pelo estômago e melhoram a motilidade do esôfago.


É possível viver com refluxo?

Porém, alguns problemas de saúde, como o refluxo, pode nos obrigar a repensar no que comer. E isso não é o fim do mundo, afinal, é possível conviver com ele e ter qualidade de vida.


Quando o refluxo não melhora?

Os alimentos inimigos do refluxo Café, chá e chocolate – A cafeína irrita a mucosa estomacal já inflamada e contribui para o afrouxamento da válvula do esôfago. Gordurosos – Embutidos, frituras e algumas carnes diminuem o esvaziamento gástrico, além de irritar e desequilibrar o pH do estômago.


É normal sentir azia depois da bariátrica?

A tendência após a cirurgia bariátrica é que o paciente melhore os sintomas de refluxo, entretanto, alguns tipos de cirurgia bariatrica específicos podem ter refluxo e azia como efeito adverso. O principal exemplo é a cirurgia de by-pass gastrojejunal com banda (Fobi Capella).


Quais os sintomas de fístula na cirurgia bariátrica?

Os sinais diretos caso isso ocorra são: coração acelerado, febre, diminuição da urina, pressão baixa, respiração ofegante. Fortes dores abdominais, no ombro, nas costas ou pélvica também podem significar fístula. Caso esses sinais e sintomas aconteçam o paciente deve procurar com rapidez seu cirurgião bariátrico.


Sou bariátrica é estou com muita dor no estômago?

Existem diversas causas como refluxo, úlcera e pedra na vesícula (muito comum em quem faz bariátrica). Outras informações como presença de náuseas, vômitos, azia ajudariam a definir melhor o diagnóstico. Seria importante a realização de endoscopia e ultrassonografia de abdômen. Agende um especialista.


Como fica o estômago depois da cirurgia bariátrica bypass?

Por que isso acontece? O estômago excluído, após a cirurgia, adquire um formato de bolsa e tomba para baixo. Esse novo formato o deixa suscetível à bile e também a outros fluidos produzidos na porção inicial do intestino, e pode armazenar uma parte deles.


Bypass Gástrico

Evidências atuais indicam que há uma clara redução nos sintomas de refluxo ou resolução da Doença do Refluxo Gastro Esofágico na maioria dos pacientes pós-cirurgia de Bypass Gástrico. Estudos de pacientes com DRGE pré-operatória demonstraram que 96% dos seus pacientes apresentaram melhora ou resolução dos sintomas após o Bypass Gástrico (BGYR).


Gastrectomia Vertical

Atualmente a Gastrectomia Vertical (ou Sleeve Gástrico) vem aumentando a sua incidência dentro dos procedimentos bariátricos. Com o rápido aumento dos procedimentos sendo realizados, e a prevalência da Doença do Refluxo (DRGE), vários estudos analisaram os resultados pós-operatórios em relação ao refluxo.

image

Leave a Comment