A beleza acaba nas primeiras convivencias

image

Qual é a história da beleza?

Com o passar do tempo, esse ideal de beleza foi se modificando. Tanto é que, em 1200 a.C., já havia academias na Grécia Antiga. Naquela época, era essencial que os homens tivessem corpos musculosos e fortes para se tornar soldados ou competir em jogos públicos.

Quais foram os primeiros modelos de beleza?

Os primeiros modelos de beleza, assim como as primeiras academias, surgiram na Grécia Antiga. Os complexos esportivos, chamados de gymnasiums, integravam não só o culto ao corpo, como privilegiavam também a formação intelectual.

Por que a história da beleza é tão importante para as mulheres?

Essa é uma característica da história da beleza: os padrões e suas referências estão sempre mudando. Por mais que nossa sociedade esteja um pouco mais aberta hoje em dia, um corpo com gordurinhas a mais nem sempre é visto como belo (não que isso seja necessariamente verdade!).

Quais são os conceitos de beleza no Renascimento?

No que diz respeito aos conceitos de beleza, o renascimento é fortemente marcado pela retomado do pensamento da Antiguidade Clássica. O corpo feminino tornou a ser valorizado e exibido nas obras de arte, como em O Nascimento de Vênus, de Botticelli, datado de 1485.

image


Pré-história

Sim, até mesmo na pré-história havia um modelo de beleza. Prova disso é a escultura Vênus de Willendorf. A peça, que tem cerca de 30 mil anos, tem aproximadamente 11cm de altura e apresenta formas voluptuosas.


Grécia Antiga

Os primeiros modelos de beleza, assim como as primeiras academias, surgiram na Grécia Antiga. Os complexos esportivos, chamados de gymnasiums, integravam não só o culto ao corpo, como privilegiavam também a formação intelectual.


Idade Média

Também conhecida como Idade das Trevas, foi uma época em que o pensamento esteve totalmente voltado ao divino, de forma que as preocupações eram consideradas uma afronta a este ideal. Sob total influência da Igreja, o culto às formas deu lugar a corpos cobertos e recatados.


Renascimento

No que diz respeito aos conceitos de beleza, o renascimento é fortemente marcado pela retomado do pensamento da Antiguidade Clássica. O corpo feminino tornou a ser valorizado e exibido nas obras de arte, como em O Nascimento de Vênus, de Botticelli, datado de 1485.


Anos 20

Foi uma época onde as formas femininas foram pouco exaltadas. Para disfarçar os seios e quadris, as mulheres passaram a usar vestidos mais retos e com comprimento abaixo dos joelhos. Muitas vezes faixas eram enroladas ao redor do corpo para obter uma silhueta mais reta.


Astros de Hollywood

Entre os anos 40 e 50 os corpos mais cheinhos voltaram com tudo, tendo como referência principal, atores e atrizes que brilhavam em Hollywood. As formas voluptuosas e sexys, como as de Marilyn Monroe (foto), Bettie Page e Rita Hayworth eram as mais desejadas.


Anos 60

Essa época viveu duas tendências completamente opostas. De um lado, valorização do quadril largo e seios grandes, mas com cintura fina de Brigitte Bardot, e de outro, a magreza excessiva de Twiggy.

image

Leave a Comment