A gordura e boa do açai

image

Como dissemos, a gordura foi absolvida de sua condenação como vilã da boa saúde. A verdade é que, quando bem incluída na alimentação, ajuda a regularizar as funções hormonais e a controlar os níveis glicêmicos no sangue. Além disso, seus benefícios se relacionam à manutenção do “bom colesterol”, o HDL, e à redução do “colesterol ruim”, o LDL.

Full
Answer

Qual a importância das gorduras boas para a saúde?

As gorduras boas atuam como base para a formação de vários hormônios, inclusive, os hormônios sexuais. Fica evidente, então, que elas são fundamentais para o bem-estar, saúde e bom funcionamento do organismo.

Qual a diferença entre gorduras boas e saturadas?

Gorduras boas são aquelas conhecidas como monoinsaturadas, que ajudam no controle dos níveis de colesterol bom (HDL) e colesterol ruim (LDL), diferente das gorduras saturadas encontradas em produtos ultraprocessados, por exemplo. O TudoGostoso selecionou uma lista de gorduras boas que você deve consumir : confira quais são e os seus benefícios:

Por que os alimentos ricos em gordura boa devem fazer parte de uma alimentação equilibrada?

Os alimentos ricos em gordura boa podem e devem fazer parte de uma alimentação equilibrada, não é preciso ter medo deles. Ao lado de boas fontes de carboidratos e de proteínas, fortalecem a saúde e dão mais energia para o seu corpo. Gostou de nosso artigo e deseja acompanhar mais conteúdos como este?

Quais são os tipos de gordura a ser driblado?

Se existe um tipo de gordura a ser driblado é a trans, típica de alimentos industrializados. Inicialmente vegetal, ela se modifica quando passa por hidrogenação. Esse processo tem objetivo de melhorar a textura e aumentar a conservação do produto.

image


Qual e o açaí mais saudável?

Se por um lado o açaí pode ser saudável e com diversos nutrientes, por outro, pode se transformar em uma alta fonte de calorias, já que alguns produtos contém xarope de guaraná, glucose ou açúcares. A dica, então, é optar pela polpa de açaí natural, geralmente encontrada na parte de sucos congelados dos supermercados.


Tem gordura no açaí?

Benefícios – O açaí é uma fruta rica em gordura boa (monoinsaturada), fibra e carboidrato, como qualquer outra fruta.


E saudável comer açaí?

Segundo a nutricionista, o alimento possui enorme valor nutricional e quantidades significativas de gordura saudável para o organismo, entre outros fatores supernutritivos: “Ele possui fibras, minerais, como cálcio e potássio, e substâncias antioxidantes, como as antocianinas e flavonoides”, explica Luciana.


Qual o mal que o açaí faz?

Como se trata de um alimento muito calórico, em grandes quantidades o açaí pode levar a hiperglicemia, o aumento de açúcar no sangue, e problemas para quem é diabético, especialmente se ele for acompanhado por elementos muito engordativos, como xarope de guaraná e leite condensado.


Quanto o açaí tem de gordura?

Tabela de informação nutricionalQuantidade por 100 g de açaíEnergia: 58 caloriasGorduras3,9 gCálcioCarboidratos6,2 gFerroFibras2,6 gVitamina C3 more rows


Porque açaí engorda?

De modo geral, o açaí não engorda e pode ser aliado no emagrecimento quando consumido corretamente. O grande problema do açaí na tigela, popularmente consumido, é a adição de xarope de guaraná. Esse ingrediente o torna mais doce e aumenta os níveis de insulina no corpo, estimulando o estoque de gordura.


Pode tomar açaí todos os dias?

Não estão descritos os efeitos colaterais relacionados ao consumo de açaí, no entanto, como possui muitas calorias e gordura, o consumo excessivo de açaí pode engordar. Dessa forma, o açaí deve ser evitado por quem tem excesso de peso ou obesidade, sendo esta a única contra-indicação do consumo do fruto.


Tem açúcar no açaí?

Portanto, na sua forma natural o açaí não causa tanto impacto no peso, “já que é rico em fibras e possui somente o açúcar natural da fruta.


Quais são os benefícios do açaí?

A fruta é rica em antioxidantes (antocianinas e proantocianidinas, que dão a cor roxa), que são responsáveis por controlar, prevenir e até inibir processos inflamatórios. Elas também atuam na redução do LDL-colesterol (o famoso colesterol ruim). Outro dos benefícios do açaí é a prevenção de doenças.


Quais são os benefícios e malefícios do açaí?

O açaí, por ser rico em vitaminas, fibras e proteínas, oferece uma série de benefícios, como melhora do humor, aumento na libido e fertilidade, além de hidratar pele e cabelos. No entanto, o que pouca gente fala é que mesmo os alimentos saudáveis podem gerar problemas de saúde, caso sejam consumidos de forma errada.


Faz mal açaí com leite?

Misturar o açaí com leite e seus derivados pode não cair tão bem no estômago, alerta Raisa. “Uma ou outra pessoa é capaz de sentir desconforto, mas não deve ser misturado principalmente porque perde a maioria dos nutrientes, como o ferro e a vitamina D”, justifica.


Quem tem ansiedade pode tomar açaí?

Banana, açaí, tomate, ovos e grão de bico Esses alimentos auxiliam no combate da depressão e aliviam os sintomas da ansiedade. Isso acontece devido ao alto teor de triptofano que eles contém, colaborando com a produção de serotonina.


Quais são os benefícios das gorduras boas?

Como dissemos, a gordura foi absolvida de sua condenação como vilã da boa saúde. A verdade é que, quando bem incluída na alimentação, ajuda a regularizar as funções hormonais e a controlar os níveis glicêmicos no sangue.


Quais são os tipos de gorduras e como incluí-las na alimentação?

Só de falar em gorduras, algumas pessoas têm arrepios. Afinal, ainda dá medo de consumi-las por conta dos anos em que elas foram consideradas inadequadas em uma alimentação saudável. Sendo assim, confira como incluir — ou não — esse nutriente no seu cardápio.


Abacate orgânico

Sempre lembrado entre boas opções de pescados, o salmão é rico em ômega-3. Lembra dessa gordura boa? Cerca de duas porções dele por semana já ajudam a melhorar a saúde cardíaca e a regular a sensação de fome.


Opções de queijos e laticínios

Elas são fontes de fibras solúveis e insolúveis. Essas duas sementinhas colaboram a favor da digestão e do bom funcionamento do intestino. A chia, rica em ômega-3, controla os picos de insulina no sangue e reduz o colesterol total. Já a linhaça, encontrada nas versões marrom e dourada, apresenta ômega-3 e ômega-6 em sua composição.


Por que precisamos de gordura na alimentação?

Gorduras são provedores de energia. Elas fornecem aproximadamente 9 calorias por grama, um valor calórico alto, 2 x mais do que proteínas e carboidratos (os outros 2 macronutrientes essenciais para o corpo humano).


Quanto ingerir de gordura por dia?

Gorduras devem ser 30% do seu aporte calórico.( 6) Alguns tipos de dietas, como a cetogênica, por exemplo, calculam a ingestão diária de gorduras, carboidratos e proteínas em proporções diferentes das “clássicas”. Normalmente, um adulto saudável precisa de aprox. 60-80 gramas de gordura por dia. Não é difícil chegar lá!


Dicas para o dia a dia

Recomenda-se 10-15g (= 2-3 colheres de chá ou 1 colher de sopa) de óleo vegetal (ou de castanhas) de alta qualidade para refeições frias. Em geral, tente evitar frituras, para moderar a quantidade de gordura na sua comida.


Abacate

Apesar do alto valor calórico, o abacate é uma fruta muito nutritiva, rica em gorduras boas que fazem bem ao organismo. Essas gorduras, chamadas de monoinsaturadas, ajudam a controlar os índices de colesterol.


Oleaginosas

Castanhas oleaginosas como amêndoa, avelã, nozes, castanha-do-Pará, pistache, castanha-de-caju e outras são excelente fonte de proteínas e gorduras boas. Em pequenas porções, são ideais para pequenos lanches entre as refeições pois detém grande poder de saciedade.


Óleo de coco

O óleo de coco é muito conhecido pelos seus benefícios cosméticos, proporcionando um alto poder de hidratação do cabelo e da pele. Mas seu consumo também é muito benéfico: substituindo óleos, ele é excelente para ser usado na preparação de pratos.


Peixes

Peixes enriquecidos em gordura como salmão, sardinha, atum, por exemplo, são ricos em ômega-3, um tipo de ácido graxo que é essencial para saúde do cérebro e atua diretamente na prevenção de infecções e inflamações.


Sementes

Sementes como a chia e a linhaça, por exemplo, são excelentes aliadas de quem está passando por dietas de reeducação alimentar justamente por promoverem uma sensação de saciedade, principalmente quando associadas a outros alimentos como iogurtes, por exemplo. Ricas em ômega-3, são aliadas da saúde do coração e do cérebro.


Azeite de oliva

O azeite é um clássico da alimentação saudável e uma ótima fonte de gordura boa. Perfeito para temperar saladas, ele é rico em ácido graxos e é um conhecido aliado do coração, prevenindo problemas cardiovasculares e hipertensão. É também muito conhecido por ajudar a prevenir o acidente vascular cerebral, conhecido como AVC.


Manteiga

A manteiga – não a margarina – é uma excelente fonte de gorduras boas, uma vez que é rica em ácidos graxos complexos como ômega-3 e ômega-6. Também é rica em nutrientes e proteínas lipossolúveis, além de minerais como selênio, que tem ação oxidante e previne infecções.


Gordura saturada

De acordo com o NHS Choices, o site do serviço nacional de saúde da Grã-Bretanha que dá conselhos de como ter uma vida saudável, diminuir o consumo de comidas que são ricas em gordura saturada é importante como parte de uma boa dieta.


Gordura insaturada

Uma dieta composta por gorduras insaturadas pode ajudar a diminuir os níveis do colesterol ruim no sangue e aumentar os níveis de lipoproteína de alta densidade, também conhecido como bom colesterol.


Melhores fontes de gordura boa

Os peixes, principalmente aqueles que vivem em água fria, são ricos em gorduras monoinsaturadas, que são boas, e em ácidos graxos do tipo ômega 3. Essas substâncias são fundamentais para o bom funcionamento do organismo.


Considerações finais

Não deixe de ingerir gorduras boas devido ao seu alto teor calórico. Se elas estiverem inseridas em uma dieta saudável, equilibrada e não forem consumidas em excesso, elas não vão fazer você engordar.


1- As gorduras são macronutrientes essenciais

As gorduras são tão importantes para a saúde e boa forma quanto os carboidratos e proteínas, afinal, elas estão dentre os macronutrientes essenciais para o bom funcionamento metabólico.


3- As gorduras boas protegem o coração

Dentre os benefícios da ingestão de gorduras boas está a capacidade delas diminuírem o colesterol ruim e aumentarem o nível de HDL, também conhecido como colesterol bom.


7- Gorduras boas estão presentes em alimentos nutritivos

Outra boa razão para manter gorduras do bem no cardápio é o fato de que essa categoria de macronutrientes está presente em alimentos altamente nutritivos, saudáveis e anabólicos. Veja a lista:

image

Leave a Comment