A propositura da açao rescisoria impedeo cumprimento da decisao rescindenda

Qual o prazo para propositura de ação rescisória?

A ação rescisória é uma ação de competência originária de tribunal, sendo que a determinação de qual tribunal competente dependerá dos eventuais recursos interpostos no processo originário. O prazo para propositura de ação rescisória é de 2 anos, contados do trânsito em julgado da última decisão proferida no processo.

Por que a ação rescisória não pode ser considerada um recurso?

Por que a ação rescisória não pode ser considerada um recurso? A ação rescisória se difere dos recursos possíveis no direito processual civil por ser uma ação autônoma que só pode ser aberta a partir da finalização da ação a qual mira.

Qual é a natureza jurídica da ação rescisória?

A ação rescisória tem natureza jurídica de ação, e é considerada um sucedâneo recursal, um meio de impugnação da decisão judicial que se desenvolve em processo distinto daquele no qual a decisão impugnada foi proferida. Esse meio de impugnação só pode ser usado após o trânsito em julgado, e se a decisão a ser impugnada for de mérito.

Quais são os efeitos da ação rescisória?

Quais são os efeitos da ação rescisória? Por via de regra, a ação rescisória não apresenta efeito suspensivo na sentença do processo a ser discutido, a menos que seja concedida tutela provisória para o autor.


Quando não cabe ação rescisória?

“Não cabe ação rescisória quando o julgado estiver em harmonia com o entendimento firmado pelo Plenário do Supremo à época da formalização do acórdão rescindendo, ainda que ocorra posterior superação do precedente.”


Quando pode ação rescisória?

As hipóteses de cabimento da ação rescisória estão no art. 966 do novo CPC, sendo elas: – Quando a sentença for proferida por força de prevaricação, concussão ou corrupção do juiz. – Quando a sentença for proferida por juiz impedido ou por juízo absolutamente incompetente.


Pode ser ajuizada pelo Ministério Público quando a decisão rescindenda decorrer de colusão das partes?

Pode ser ajuizada pelo Ministério Público quando a decisão rescindenda decorrer de colusão das partes. D O prazo de dois anos para sua propositura é decadencial, fluindo do trânsito em julgado da decisão. É requisito da petição inicial o depósito da importância de 5% (cinco por cento) sobre o valor da causa.


Quem não tem legitimidade para a propositura da ação rescisória?

Portanto, não cabe propor ação rescisória para atacar decisões que não transitaram em julgado, isto é para decisões em que exista a possibilidade de serem revistas por algum recurso, de decisões inexistentes e tampouco de decisão, que, por exemplo, homologa desistência da ação.


Quais são as hipóteses de cabimento da ação rescisória?

As hipóteses tradicionais da ação rescisória foram mantidas pelo NCPC: decisão dada por prevaricação, concussão ou corrupção do juiz; decisão proferida por juiz impedido ou perante juízo absolutamente incompetente; decisão resultante de dolo da parte vencedora em detrimento da parte vencida, ou de colusão entre as …


Quais os requisitos da petição inicial da ação rescisória?

O art. 968 incluiu dois requisitos específicos para a proposição da ação rescisória: a necessidade de cumulação de pedidos, a rescisão da decisão e o pedido por uma nova decisão para o processo; e o depósito prévio de 5% do valor da causa.


Quem tem legitimidade para propor ação rescisória e quem tem legitimidade passiva?

A legitimidade passiva, na ação rescisória, se estabelece em função do pedido deduzido em juízo. Assim, conforme informado pela teoria da asserção, devem figurar no polo passivo da demanda todos aqueles (e somente aqueles) que foram concretamente beneficiados pela sentença rescindenda.


Quem tem legitimidade ativa e passiva na ação rescisória?

MP (conforme a Súmula 407 do TST, o MP tem legitimidade ativa para ajuizar ação rescisória em qualquer hipótese em que houver interesse público envolvido) [1] terceiro juridicamente interessado. aquele que não foi ouvido no processo em que lhe era obrigatória a intervenção (ex.: litisconsórcio passivo necessário).


Art. 970 do Novo CPC

Art. 970. O relator ordenará a citação do réu, designando-lhe prazo nunca inferior a 15 (quinze) dias nem superior a 30 (trinta) dias para, querendo, apresentar resposta, ao fim do qual, com ou sem contestação, observar-se-á, no que couber, o procedimento comum.


Art. 971 do Novo CPC

Art. 971. Na ação rescisória, devolvidos os autos pelo relator, a secretaria do tribunal expedirá cópias do relatório e as distribuirá entre os juízes que compuserem o órgão competente para o julgamento.


Art. 972 do Novo CPC

Art. 972. Se os fatos alegados pelas partes dependerem de prova, o relator poderá delegar a competência ao órgão que proferiu a decisão rescindenda, fixando prazo de 1 (um) a 3 (três) meses para a devolução dos autos.


Art. 974 do Novo CPC

Art. 974. Julgando procedente o pedido, o tribunal rescindirá a decisão, proferirá, se for o caso, novo julgamento e determinará a restituição do depósito a que se refere o inciso II do art. 968.


Referências sobre ação rescisória

DIDIER Jr., Fredie. Curso de Direito Processual Civil: meios de impugnação às decisões judiciais e processo nos tribunais. Salvador: JusPodivm, 2016, 13. ed., p. 421.


INTRODUÇÃO

A jurisdição é, em sua essência, inerte. Para que esta inércia seja afastada, deve o interessado valer-se do apropriado mecanismo, que não é senão a ação e esta, num sistema jurídico organizado, deve preencher determinadas condições.


CONCLUSÃO

Destarte, a inclusão ou não dos documentos aos quais o autor faz referência como fundamento de sua pretensão ou pedido entre aqueles tidos como indispensáveis à propositura da ação dependerá da teoria a ser adotada.


João Antonio Moschen

acadêmico do Curso de Direito do UNESC – Centro Universitário do Espírito Santo e Conciliador do 2º Juizado Especial Cível da Comarca de Colatina/ES desde janeiro de 2011.


Informações sobre o texto

MOSCHEN, João Antonio. Documentos indispensáveis à propositura da ação: uma análise conceitual à luz da teoria da apresentação e da teoria della prospettazione. Revista Jus Navigandi, ISSN 1518-4862, Teresina, ano 18 , n. 3725 , 12 set. 2013 . Disponível em: https://jus.com.br/artigos/25258. Acesso em: 19 jan. 2022.


O Que É Ação Rescisória?

  • A ação rescisória é uma ação judicial autônoma que tem como objetivo rescindir uma decisão judicial que tenha transitado em julgado, ou seja, cuja lide já tenha sido encerrada a partir de sentença do juiz, sem possibilidade de recursos. Dessa forma, a ação rescisória visa, por meio de uma nova ação, reanalisar um processo judicial específico, com o…

See more on projuris.com.br


Hipóteses de Cabimento Da Ação Rescisória

  • O artigo 966 do Novo CPC trata das situações onde uma decisão de mérito transitada em julgado pode ser alvo de uma ação rescisória, apresentando um rol de possibilidades. Em via de regra, as possibilidades para a abertura de uma ação rescisória são resultado de erros e vícios graves de sentenças e de conduções de processos. Em sua maioria, possíveis por conta do julgador. Vere…

See more on projuris.com.br


Quem Pode Propor A Ação Rescisória?

  • O Novo CPC também estipula, nos seus regramentos, quais são os sujeitos que podem entrar com ação rescisória sobre um processo cujo mérito tenha sido decidido e encerrado. O artigo 967 do Novo CPC dá legitimidade para iniciar ação rescisória as partes do processo a ser discutido e seus sucessores; um terceiro juridicamente interessado na lide; qualquer pessoa qu…

See more on projuris.com.br


Requisitos Da Ação Rescisória

  • Os requisitos e formalidades necessárias para realizar a petição de uma ação rescisória também são regrados pelo Novo CPC, através do artigo 968, que dispõe: “Art. 968. A petição inicial será elaborada com observância dos requisitos essenciais do art. 319 , devendo o autor: I – cumular ao pedido de rescisão, se for o caso, o de novo julgamento do processo; II – depositar a importâ…

See more on projuris.com.br


Quais São OS Efeitos Da Ação Rescisória?

  • Por via de regra, a ação rescisória não apresenta efeito suspensivona sentença do processo a ser discutido, a menos que seja concedida tutela provisória para o autor. Isso quer dizer que, enquanto a ação estiver sendo discutida no tribunal, os efeitos da decisão atacada irão continuar valendo até o julgamento do mérito da ação que rescinde a decisão do processo inicial. Caso a …

See more on projuris.com.br


Hipóteses de Indeferimento Da Petição

  • Como qualquer pedido ou ação judicial, há hipóteses onde a petição de ação rescisória seja indeferida, ou seja, não seja aceita pelo tribunal para julgamento. Essas situações são:

See more on projuris.com.br


Conclusão

  • A ação rescisória tem extrema importância para a legitimação do princípio do contraditório e da ampla defesa, possibilitando a revisão de decisões de mérito de disputas judiciais sem afetar a segurança jurídica. Conhecer essa ferramenta e as possibilidades de aplicação da mesma é fundamental para qualquer advogado que procure representar seu cliente da melhor forma poss…

See more on projuris.com.br

Leave a Comment