Como acabar com a cinomose

image

Como tratar a cinomose A cinomose pode ser curada, porém, não há medicamentos antivirais eficazes para combater a doença. O tratamento consiste em tratar os sintomas, podendo ser realizado com fluidoterapia e com a administração de antibióticos, antieméticos, anticonvulsivantes e pomadas ou cremes (quando surgem sintomas na pele).

Full
Answer

Como lidar com a cinomose?

Como lidar com a cinomose? A cinomose tem cura, porém, raramente é diagnosticada em estágios iniciais e mesmo curados, muitos animais podem ficar com sequelas. Os cães mesmo curados da cinomose podem ficar com sequelas oculares, neurológicas com repercussão intestinal, e respiratórias.

Quais os sintomas da cinomose?

Sintomas da cinomose 1 Apatia 2 Perda de apetite 3 Diarreia 4 Vômito 5 Febre 6 Secreções oculares (remela em grande quantidade) 7 Secreções nasais (pus) 8 Convulsões 9 Paralisias 10 Tiques nervosos Mais itens…

Como é transmitida a cinomose?

Como é transmitida? A cinomose se dá através de animais que se contaminam por contato direto com outros animais já infectados, ou pelas vias respiratórias, pelo ar contaminado ou por fômites, que são objetos que já tiveram contato com o portador da cinomose. Como lidar com a cinomose?

Como saber se meu cão tem cinomose?

Na fase digestiva da cinomose, o cão pode apresentar diarréia, esta talvez seja acompanhada com sangue nas fezes, febre e fraqueza. Atenção: é preciso estar atento com a hidratação do pet! Esta é a mais complicada, por isso, não exite em consultar um veterinário logo nos primeiros sintomas.

image


O que é cinomose?

A cinomose canina é uma doença infectocontagiosa que afeta cachorros causada por um vírus da família Paramyxovirus, do gênero Morbilivírus. Ela é altamente contagiosa e costuma acometer cães que ainda não terminaram o esquema vacinal (filhotes) ou que não costumam receber o reforço anual da vacina múltipla (V8, V10 ou V11).


Cinomose em gatos

O nome “cinomose” já nos diz muito sobre a doença, já que o prefixo “cino” sempre é referente aos cachorros. Sendo assim, seu caráter infeccioso se restringe apenas aos cães, ou seja, a cinomose não afeta os gatos.


Sintomas da cinomose

O vírus se replica nas células sanguíneas e sistema nervoso central do animal. Nos estágios iniciais da doença, um sintoma bastante comum é a diarreia, uma vez que o sistema digestório é, geralmente, o primeiro a ser atingido.


Como a doença é transmitida?

O cachorro pode pegar cinomose, ou seja, ser contaminado pelo vírus, de diversas formas. Entre elas, pelo contato com secreções, urina e fezes infectadas pelos animais doentes. Além disso, casinha, cobertores e alimentos dos animais infectados também são fontes de infecção.


Qual o tratamento para a cinomose?

Não há medicamentos antivirais eficazes para combater a doença. No entanto, o tratamento consiste em tratar os sintomas causados nos diferentes sistemas acometidos:


Sequelas

O animal que teve a doença evoluída ao estágio de acometimento do sistema nervoso pode ficar com tremores musculares, andar desordenado e/ou crises convulsivas por toda sua vida, mesmo não portando mais o vírus.


Como prevenir a cinomose?

Basta realizar a vacinação anual do seu cachorro. A vacina para cinomose está dentro do pacote oferecido pelas vacinas V8 , V10 e V11. No caso de filhotes, devem receber três a quatro doses da vacina a partir de 45 dias de vida, com intervalo de 21 a 30 dias entre as aplicações.


Aspectos gerais da cinomose

Um fato que deve ser destacado é que a identificação da cinomose em um animal depende de uma série de procedimentos. Muitas vezes, não bastam apenas testes, pois, isolados, talvez não reflitam a realidade.


Como a cinomose se alastra

O vírus viaja pelo ambiente por meio de animais infectados. Quando suam, respiram, espirram, lacrimejam, a colônia de microcorpos pode avançar sobre animais saudáveis.


Investigação, tratamento e prevenção da cinomose

Tendo animais em casa, certamente você aprecia sua companhia, suas brincadeiras, seu jeito amigo de encher a cada de alegria. Então, a melhor prevenção contra cinomose – e contra qualquer outra doença – é atenção a mínimas anormalidades no comportamento e visual do animal.


Prevenção À CINOMOSE

A gente começou este capítulo comentando que a melhor prevenção contra cinomose é atenção a detalhes. Essa atenção inclui preocupação com as datas de vacinação animal. Ela previne contração da doença em excelente índice de êxito.


Cinomose em humanos

Seres humanos podem sofrer contração do vírus. Entretanto, este causa no organismo infecção secundária assintomática e não há registros que possam causar preocupação quanto isso. A carga viral é inofensiva ao organismo humano.


Como prevenir a cinomose?

A única forma de prevenção é a vacinação. Ela é feita através da aplicação das vacinas V6, V8 e V10.


Qual o tratamento da cinomose?

O tratamento da doença nada mais é que o tratamento dos sintomas dela – o animal tomará um remédio para combater o vômito, outro para combater a febre, outro para as convulsões e assim por diante.


Quais são os principais sintomas da cinomose?

Os sintomas da cinomose não são nem um pouco agradavéis para o cãozinho. Que podem sofrer com:


O QUE É A CINOMOSE: CAUSAS, SINTOMAS, TRATAMENTO E CURA

É de partir o coração ver o nosso filho de quatro patas doente. Por isso, no menor sintoma de cinomose, consulte um veterinário. Mas antes, venha conhecer mais do que é essa doença, as causas, tratamento, os sintomas e a cura. Como bons pais de pet, saber mais da saúde dos nossos bichinhos nunca é demais!


O QUE É A CINOMOSE

Antes de mais nada, muita calma: é a cinomose tem cura. No entanto, fica o sinal de alerta : é uma doença grave e pode até ser fatal. Tudo começa com o vírus CDV (Canine Distemper Virus) ou, em português, o VCC (Vírus da Cinomose Canina), também conhecido como Vírus da Esgana Canina.


SINTOMAS DA CINOMOSE

A cinomose atinge principalmente os sistemas nervoso, respiratório e gastrointestinal. Mas, vamos por partes porque a doença é dividida em quatro fases: a cutânea, respiratória, digestiva e nervosa, porém não necessariamente seguem esta ordem.


TRANSMISSÃO DA CINOMOSE

O pet pode ser contaminado pela doença de muitas maneiras. Ao entrar em contato com as secreções, mas não só do nariz: fezes e urina também podem transmitir o vírus, por isso, evite deixar que o cachorro chegue perto destes resíduos nas ruas.


TRATAMENTO

O tratamento da cinomose é a base de remédios para aliviar os sintomas. Infelizmente, ainda não tem medicamentos antivirais para combater a doença. Neste momento, o veterinário pode indicar:


SEQUELAS DA CINOMOSE

Depois da doença atingir o estágio avançado, o bichinho infelizmente poderá carregar sequelas para toda a vida. Algumas delas são tremores musculares, crises convulsivas, mesmo não tendo mais o vírus, e andar pode se tornar uma tarefa complicada para esses cães.


PREVENÇÃO DA CINOMOSE

A vacina para cinomose é a melhor forma de prevenção contra a cinomose. É recomendado os filhotes a partir de 45 dias de vida, receber de três até quatro doses da vacina, com intervalos de 21 a 30 dias. Mas é preciso ficar atento, o animal só vai estar imune depois da última dose da vacina. Só então é indicado passeios com o cachorro.

image

Leave a Comment