Como combater uma açao de usucapião

image

Quais são os requisitos para a usucapião?

Também para esta situação existem requisitos a ter em conta: a usucapião acontece quando a posse, de boa fé e fundada em justo título, tiver durado três anos. Quando esse prazo ascende aos seis anos, a usucapião tem lugar, independentemente da boa fé e de título.

Como funciona a usucapião de um imóvel?

A usucapião independe de vínculos anteriores diferentemente de um desmembramento, remembramento ou de uma compra de área. Na usucapião não importa o histórico da propriedade e o respectivo registro ou averbação na matrícula. É como que se a propriedade nascesse novamente, recebendo uma nova matricula.

Por que a usucapião é uma forma de aquisição de direitos reais?

Porém, em geral, a usucapião tem como objetivo conferir uma função social à propriedade. Por isso, após cuidar de um bem durante determinado período, é possível entrar na justiça para obter a propriedade do bem . Assim, a usucapião é uma forma de aquisição de direitos reais.

Como é a usucapião de bens imobiliários?

Isto poderá ser usucapião, desde que cumpra com os requisitos que a lei coloca associados a este direito e o primeiro deles todos é o de que a posse deve ser, antes de tudo, pública e pacífica. Além disso, seja para o caso de bens móveis ou imóveis, cada um deve obedecer a algumas premissas.

image


Como contestar uma ação de usucapião?

Toda ação de usucapião implica em litisconsórcio passivo necessário, com procuradores diferentes. Então, o prazo para contestar será em dobro, pois sempre haverá procuradores diferentes (no mínimo, procuradores das partes e dos entes da federação), com a ressalva do art. 229 §2º do CPC.


Como anular uma ação de usucapião?

O processo também pode ser anulado se o confrontante comprovar que exercia a posse da parcela do imóvel que integrou indevidamente a sentença de usucapião. Como já dito acima, todos esses casos não estão sujeitos a prazo e a sentença é anulada por inteiro, não só na parcela da área em disputa.


É possível reconvenção em ação de usucapião?

É admissível a reconvenção na ação de usucapião, em face de evidente conexão com pretensão reivindicatória ou possessória, quando a propõe o proprietário do imóvel, dizendo-se esbulhado pelo possuidor.


Como acelerar o processo de usucapião?

1:384:50Suggested clip · 53 secondsComo acelerar o processo de usucapião? – YouTubeYouTubeStart of suggested clipEnd of suggested clip


Quando o usucapião pode ser anulado?

Sentença em ação de usucapião é anulada por falta de citação de interessado.


Como anular usucapião extrajudicial?

Precedentes. A citação dos confrontantes/confinantes do imóvel usucapiendo deve ser realizada, em regra, pessoalmente; assim, constatando-se a inexistência de citação, impõe-se a ANULAÇÃO DO PROCESSO.


Como apresentar reconvenção?

§1º Proposta a reconvenção, o autor será intimado, na pessoa de seu advogado, para apresentar resposta no prazo de 15 (quinze) dias. §2º A desistência da ação ou a ocorrência de causa extintiva que impeça o exame de seu mérito não obsta ao prosseguimento do processo quanto à reconvenção.


Quanto tempo leva em média um processo de usucapião?

3 anosAção de Usucapião Judicial: O tempo médio do processo gira em torno de 3 anos, mas lembrando que muito depende de fatores externos como o Fórum (Cidade), a Vara, a anuência ou não dos confrontantes, etc.


Qual usucapião é mais rápido?

A usucapião realizada em cartório, ou extrajudicial, é mais rápida e econômica que o procedimento realizado pela Justiça.


Qual o tempo médio de uma ação de usucapião?

Os prazos são: Usucapião Ordinária posse ininterrupta por 10 anos. O qual é reduzido para 5 anos quando existe um justo título, residência no local ou atividade de interesse social; Usucapião Extraordinária posse ininterrupta por 15 anos.


USUCAPIÃO: o que é?

Este termo tem origem no latim, usucapio, e significa “ adquirir pelo uso ”.


O que diz o Código Civil sobre a usucapião

O Código Civil define a usucapião no artigo 1287º como “a posse do direito de propriedade ou de outros direitos reais de gozo, mantida por certo lapso de tempo, faculta ao possuidor, salvo disposição em contrário, a aquisição do direito a cujo exercício corresponde a sua atuação”.
Para que a usucapião seja reconhecida, é necessária a observação de certos requisitos estipulados por lei e a posse deve ser, antes de tudo, pública e pacífica.
Saiba mais sobre o decreto lei que regula esta matéria..


USUCAPIÃO ILÍCITA: O QUE FAZER?

A usucapião ilícita é uma realidade e deve ser denunciada, sempre que seja detetada. Mesmo quando um dado bem imóvel ou móvel se encontra ao abandono, tal não significa que essa propriedade possa ser tomada por qualquer um.


Usucapião: o que é?

Em suma, a usucapião é o direito de adquirir uma propriedade pelo uso contínuo ao longo do tempo. Assim, no Brasil, o Código Civil regula modalidades específicas de usucapião. No entanto, todas elas contam com alguns requisitos comuns. Por exemplo:


O que é usucapião ordinária?

Então, a usucapião ordinária é uma modalidade do instituto da usucapião. Assim, ela é bem simples. Contudo, além dos requisitos comuns a todas as modalidades, possui requisitos específicos. Por exemplo:


O que fazer caso sofra essa ação?

Então, o primeiro passo que você deve tomar caso entrem com uma ação de usucapião contra sua propriedade, é procurar um advogado especializado na área. Assim, este profissional te orientará quanto ao que fazer, de acordo com o caso concreto.


Como fazer para poder recorrer à usucapião

Se alguém utiliza um imóvel como sendo seu, isso não basta, por si só, para utilizar a figura da usucapião. A lei exige a verificação de uma série de condições e períodos mínimos de tempo nessa utilização.


O que fazer para adquirir um bem imóvel por usucapião

A aquisição de um imóvel por usucapião, verificadas as condições e os prazos descritos atrás, segue as regras descritas no Código do Notariado (art.º 89.º e seguintes) e no Código do Registo Predial (art.º 116.º e seguintes).


Prazos da usucapião de bens móveis

No caso de bens móveis a lei distingue, antes de mais, as coisas sujeitas a registo. Distingue igualmente as situações em que a posse continuada é de boa-fé ou de má-fé.


Legislação aplicável

O Capítulo VI do Código Civil é dedicado à usucapião. Os artigos 1287.º a 1300.º descrevem o enquadramento legal da usucapião de bens imóveis e bens móveis.


Artigo

Você está aqui: Página inicial / banner-consulta / Direito Imobiliário / Pessoa Física / Pessoa Jurídica / Serviços Jurídicos /Guia prático do Usucapião Judicial.


I- O que é a ação de usucapião?

O usucapião está previsto no artigo 1.242 do Código Civil de 2002. Assim, é por meio do usucapião que é possível adquirir uma propriedade ou qualquer direito real através do uso prolongado por um determinado tempo previsto em lei, ou seja, a prescrição aquisitiva.


II- O que é o usucapião?

A via procedimental para a ação da usucapião pode ser extrajudicial ou judicial. Assim, em relação ao usucapião extrajudicial, cabe, fazer breve parênteses, para esclarecer que trata-se de uma inovação trazida pelo artigo 1.071 do novo Código de Processo Civil.


III- Como funciona o usucapião na justiça?

Em primeiro lugar, a ação judicial de usucapião deve ser solicitada pelo indivíduo possuidor da propriedade. Além disso, é imprescindível, tanto no usucapião extrajudicial, quanto no judicial, a presença de um advogado especialista e experiente em ações desse tipo.


IV- Quais os requisitos para propor o usucapião na justiça?

A- A propriedade deve ser autorizada pela lei como bem suscetível de usucapião. Assim, a lei não autoriza que bens públicos ou fora do comércio, sejam objetos de usucapião


V- Quais as causas impeditivas e suspensivas do usucapião judicial?

Existem fatos que podem interferir no processo de usucapião, apesar do requerente ter preenchido os requisitos necessários. Assim, configuram causas impeditivas ou suspensivas da ação de usucapião:


VI- Qual a documentação necessária para a ação de usucapião?

P ara entrar com a ação da usucapião na justiça, você precisa reunir os seguintes documentos (se o juiz achar necessário, pode pedir outros documentos):


Vantagens da usucapião

A maior vantagem gerada pela usucapião com certeza é que a pessoa obtêm a propriedade da gleba ou lote e, juntamente com a mesma, a segurança jurídica de que ninguém vai lhe tomar esta área de terras ou coisa assim.


Conceito e natureza da usucapião

A mesma é uma maneira originária de obtenção da propriedade. A usucapião independe de vínculos anteriores diferentemente de um desmembramento, remembramento ou de uma compra de área.


Usucapião extrajudicial

O sétimo tipo de usucapião existente é o extrajudicial. O mesmo é bem complexo, por causa disso, eu não tenho como entrar a fundo no mesmo. Isso porque senão correria o risco de escrever um livro ao invés de um artigo.

image

Leave a Comment