Como curtir açai na pinga


O que é bom para colocar na pinga para curtir?

Para dar um toque especial na sua receita você pode usar alguns ingredientes diferenciados, veja algumas opções:Mel de abelha ou jataíAçúcar mascavo.Açúcar ou essência de baunilha.Canela.CaféChocolate.


Quais as melhores frutas para curtir na cachaça?

Você pode utilizar frutas em pedaços, de preferências grandes e rígidas, como : abacaxi, maçã, pera, kiwi, uvas, manga, cambuci, goiaba (esta o sabor tende a predominar então use pouco), figo, coco seco, etc. e até frutas secas como as passas brancas e pretas, ameixas pretas e outras mais.


Como envelhecer a cachaça?

Uma das práticas de envelhecimento acelerado mais comuns é colocar dadinhos de madeira na cachaça. Os dadinhos são madeiras cortados na forma de cubos de 1 cm de lado e podem ser verdes ou tostadas. Para destilados ou bases alcoólicas de 40% de teor alcoólico é recomendado de 3 a 4 dadinhos por até 30 dias.


Como fazer cachaça de açaí?

Caipirinha de açaí* 2 bolas de açaí congelado.* 1 1/2 doses de cachaça envelhecida.* 2 colheres de açúcar.* Suco de 2 limões.


Como colocar uma fruta dentro de uma garrafa?

Primeiro eles cortam a parte debaixo da garrafa com aquela serrinha usada pelos vidraceiros. Colocam as frutas inteiras dentro da garrafa, como a pera por exemplo. Em seguida colam o fundo com uma cola especial, própria para colar vidros. Essa cola depois de seca, não entra em contato com o líquido e nem vaza.


Quanto tempo curtir cachaça?

Para melhor ar a qualidade da cachaça, deixe-a amaciar por 6 meses, no mínimo. O processo de envelhecimento de cachaça visa aprimorar a qualidade química e sensorial, além de agregar maior valor comercial ao produto. Vamos te mostrar como ele deve ser feito, e algumas dicas para você virar mestre no assunto.


Como envelhecer cachaça em vidro?

2:215:38Suggested clip · 56 secondsRafael Araújo – Como envelhecer Cachaça em casa – YouTubeYouTubeStart of suggested clipEnd of suggested clip


Como adoçar cachaça?

Descasque e pique o abacaxi em pedaços. Coloque-o em uma garrafa, macere e adicione uma ou duas colheres de açúcar, a seu gosto. Se desejar, você também pode adicionar canela ou hortelã, criando um sabor especial para sua bebida. Adicione a cachaça, tampe bem e agite devagar.


Como dar cor a cachaça?

Atenção nas cores da cachaça Alguns produtores adicionam caramelo, com dosagem prevista em lei, para atribuir a coloração amarelada e padronizar a cor da bebida. O caramelo também contribui artificialmente para o dulçor da bebida.


O que pode substituir o xarope de guaraná no açaí?

O mel é bem mais saudável que o xarope de guaraná (usado para adoçar o açaí) e deixa um gostinho muito melhor.


Como fazer licor de polpa?

Para preparar, deve-se reunir em um pote de vidro a polpa da fruta com álcool de cereais e açúcar cristal orgânico, reservando a mistura por quinze dias. Depois do tempo de reserva, só é preciso peneirar o líquido e está pronto. É uma opção de licor gostosa e que funciona bem para uma reunião com os amigos!


O que acontece se tomar açaí todo dia?

Como se trata de um alimento muito calórico, em grandes quantidades o açaí pode levar a hiperglicemia, o aumento de açúcar no sangue, e problemas para quem é diabético, especialmente se ele for acompanhado por elementos muito engordativos, como xarope de guaraná e leite condensado.


Nem tudo é cachaça!

Antes de falar sobre a cachaça de banana, vale relembrar o que é de fato uma cachaça. Segundo o decreto 6871/2009, art. 53, são consideradas cachaças as aguardentes de cana produzidas no Brasil e que possuem graduação alcoólica entre 38 e 48 por cento.


A cachaça de banana

A premissa básica é a mistura dos ingredientes e a interação entre eles durante um tempo. Assim como acontece com a aguardente de cana com ervas, é necessário armazenar e guardar antes de beber. É somente dessa maneira que o líquido consegue obter a coloração e o sabor oriundos da banana.


A receita

Para a cachaça de banana, você vai precisar de um litro de cachaça de boa qualidade. Opte por cachaças não envelhecidas, pois, além de mais caras, elas foram feitas para serem servidas puras, sem misturas. Existem diversas cachaças brancas de qualidade, basta escolher um rótulo de sua preferência.


Nós, brasileiros, adoramos infusões: pimenta no azeite, cânfora no álcool, e claro, cachaça curtida com um monte de coisa boa – e outras inusitadas. Quais suas infusões com cachaças prediletas? Selecionamos algumas aqui no Mapa da Cachaça

As infusões no Brasil não são novidade. Quem nunca teve um machucado tratado com álcool e arnica, ou provou de uma bela pimenta no azeite, vinagre ou mesmo na cachaça?


1. Cachaça de Jambu

Jambu, também conhecida como agrião-do-pará é uma erva típica da região norte do Brasil, muito utilizado nas culinárias paraense, amazonense, rondoniense e acriana, podendo ser encontrado em iguarias como o tacacá, o pato no tucupi e até mesmo em pizza combinado com mozarela .


2. Cataia, a cachaça caiçara

Cataia é uma bebida originada da mistura de cachaça com folhas da cataia, uma planta rica em eugenol, uma substância antisséptica e anestésica muito usada na fabricação de pastas de dente, mas com diversas outras aplicações populares – até mesmo impotência sexual. A bebida é muito popular no norte do litoral paranaense e sul de São Paulo.


3. Consertada, a bebida que une café e cachaça

No interior de Santa Catarina, na cidade de Bombinhas, uma nova tradição surgiu. Chamada Consertada, é uma bebida alcoólica um tanto inusitada. Nela, o café ganha mais sabor com a adição de especiarias (gengibre, canela, cravo e erva doce), açúcar e uma boa dose de cachaça.


4. Virga, Gim Seco do Brasil

Virga é o primeiro gim artesanal produzido no Brasil. Além de ser pioneiro na categoria dos destilados de zimbro, os produtores de Virga também o denominam como o “gim mais brasileiro do mundo”.


5. Azuladinha de Paraty

Com mais de um século de história, a Azuladinha de Paraty é uma cachaça destilada com folhas de tangerina – fazendo com que a aguardente ganhe uma cor azulada contra a luz.


7. Fecha Corpo, Semana Santa no interior de São Paulo: infusão de cachaça com arruda e guiné

Em Monte Alegre do Sul, pequena a 130 km de São Paulo, toda Sexta-Feira Santa centenas de visitantes aproveitam o feriado religioso para participar do ritual de beber o Fecha Corpo. A receita é uma mistura de cachaça curtida em guiné e arruda colhidos na noite anterior ao preparo.


quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Você também já se pegou imaginando como frutas enormes – como o próprio caju – e até bichos como caranguejos e lagostas vão parar naquelas garrafas de cachaça, geralmente artesanais, muito comuns no Nordeste? Para contribuir com a cultura “cachacística” (rs), achei interessante trazer o modo artesanal de se fazer cachaça com caju dentro da garrafa.


Como fazer cachaça com caju dentro na garrafa

Você também já se pegou imaginando como frutas enormes – como o próprio caju – e até bichos como caranguejos e lagostas vão parar naquelas garrafas de cachaça, geralmente artesanais, muito comuns no Nordeste? Para contribuir com a cultura “cachacística” (rs), achei interessante trazer o modo artesanal de se fazer cachaça com caju dentro da garrafa.

Leave a Comment