Como funciona a açao de despejo de imovel

image

Como funciona a ação de despejo O princípio da ação de despejo é simples. O inquilino é acionado judicialmente para deixar o imóvel dentro de um prazo pré estabelecido.

Full
Answer

Como funciona o despejo de um imóvel alugado?

O despejo é uma ação que pode ser realizada pelo dono de um imóvel alugado, esta ação normalmente é realizada quando é necessário desocupar o imóvel e retomar sua posse. Esse tipo de ação recebe esse nome porque obriga o morador do imóvel a sair da propriedade, mas não pense que basta apresentar a ação para que isso aconteça.

Quais são os casos de despejo de um imóvel?

Caso haja o descumprimento de contato ou o locador faça algo contrário ao descrito na Lei do Inquilinato, ele pode ser despejado. Um dos vários casos que podem render o despejo são mudanças estruturais no imóvel sem autorização. Com o fim do contrato, o dono da propriedade pode pedi-la de volta.

Como funciona a ação de despejo?

A ação de despejo é um processo que pode terminar com uma ordem do juiz determinando a desocupação da propriedade e algumas penalizações para o inquilino. Pois bem, agora que você sabe o que é uma ação de despejo, vou te explicar como ela funciona.

Quem tem direito ao despejo da casa ou apartamento?

Caso o pagamento não seja feito e a ação de despejo for realmente iniciada, o proprietário pode até exigir uma indenização devido à inadimplência. O locador tem o direito de entrar com uma ação de despejo da casa ou apartamento caso seja para uso próprio, destinado a qualquer fim (residencial ou comercial).

image


Quanto tempo demora um processo de despejo?

A ação de despejo é um processo lento, que pode levar até alguns meses para obter uma decisão. Se o morador apresentar defesa, o prazo se arrasta ainda mais. Esse tempo depende da Comarca e do Tribunal. Em São Paulo, um processo em primeira instância leva de 6 a 12 meses.


Como funciona o processo de despejo?

A ação de despejo é um processo judicial em que o proprietário de um determinado imóvel pode retirar um locatário inadimplente em um prazo estipulado pela Justiça. Esse direito está previsto na Lei do Inquilinato (Lei nº 8.245/91).


Quanto custa um processo de despejo?

O valor de uma ação de despejo pode variar de acordo com alguns fatores como a forma contratual, valor do aluguel, dívida e o tempo de locação. Entenda! Uma ação de despejo pode custar entre R$ 5.000,00 e R$ 40.000,00, levando em consideração os fatores e formato contratual.


Quando o inquilino não pode ser despejado?

A decisão limita-se àqueles considerados de baixa renda, com valor de aluguel de até R$ 600. Para não sofrer o despejo, o morador ainda terá que comprovar perda de renda a partir de 2020 e incapacidade de pagamento em prejuízo à subsistência familiar.


Quanto tempo demora uma ordem de despejo na pandemia?

Uma ação de despejo demora uma média de 4 meses a 3 anos. No entanto, existem algumas peculiaridades que podem fazer com que a ação seja mais rápida ou mais demorada. Entenda!


Quando o proprietário pode despejar o inquilino?

O prazo para o inquilino sair é de 30 dias. Esse procedimento é a chamado de “denúncia vazia”, que não vale para contratos de 12 meses. Nos contratos de 30 meses renovados por tempo indeterminado, o proprietário pode pedir que o inquilino saia, sempre com 30 dias de antecedência, sem dar justificativas para o pedido.


Quem paga as custas de um processo de despejo?

A ação deve ser feita por um advogado e o locador deverá pagar os honorários do advogado, as custas processuais e se desejar despejar o inquilino imediatamente, em 15 dias, deverá fazer um depósito caução no valor de 3 meses de aluguel.


Quanto custa um advogado para despejo?

Os honorários advocatícios em ações de despejo podem tanto ser cobrados por um valor fixo como num porcentual da dívida a ser paga pelo inquilino. Em geral, os honorários são fixados em 20% do valor da dívida a ser cobrada.


Quem paga as custas do processo de ação de despejo?

Tem as custas durante o processo em que a cada ato que o juiz solicitar você tem que depositar os valores das custas e esta é paga pelo parte que perder o processo.


Quais os motivos para despejo de inquilino?

2. O que causa um processo de despejo?Rescisão por acordo entre as partes. … Extinção do contrato de trabalho. … Utilização do imóvel pelo proprietário. … Fim do prazo da locação para temporada. … Morte do locatário. … Reparações urgentes no imóvel. … Troca de fiador ou da garantia. … Falta de pagamento.More items…


Como tirar um inquilino que incomoda?

Com as provas em mãos deve-se entrar com uma ação contra a pessoa que está perturbando a paz. Esta ação solicitará não somente o fim do barulho como também uma indenização; IV. Caso você seja um locador e o seu inquilino seja o causador poderá você solicitar a rescisão contratual do contrato de locação por justa causa.


Como agir diante da inadimplência do inquilino?

A única forma legalmente reconhecida de solicitar a desocupação do imóvel alugado, mediante caso de inadimplência, é por meio de uma ação de despejo. Essa por sua vez deve ser previamente informada por carta oficial de notificação ao inquilino inadimplente.


Como funciona a ação de despejo?

A ação de despejo é movida pelo proprietário , com o objetivo de desocupar e reaver o imóvel, obrigando o inquilino a se mudar. O processo é previsto pela Lei do Inquilinato e pode acontecer em situações específicas, seguindo os procedimentos previstos na legislação.


Quais os prazos para a ação?

Essa ação é processada na Vara Cível ou no Juizado Especial Cível da comarca onde está localizado o imóvel e deve seguir todos os procedimentos de uma ação judicial comum, conforme o Código de Processo Civil e a Lei do Inquilinato.


Quando a ordem de despejo pode ser acionada?

É a mais conhecida das razões para ordens de despejo: inadimplência. Pode ser falta de pagamento de aluguel, de condomínio, de IPTU, de água, de luz… Segundo a lei brasileira, com apenas um dia de atraso nesses pagamentos, o proprietário já pode entrar com uma ação de despejo – embora a maioria espere alguns meses de “repetições” antes de fazê-lo.


Como funciona e como entrar com uma ordem de despejo?

Uma vez recebida a ordem judicial, o ideal é que o inquilino deixe o imóvel voluntariamente. Caso isso não ocorra, um oficial de justiça aparecerá com um mandado para cumprir a ordem e, se necessário, terá reforço policial.


O que é uma ação de despejo?

A ação de despejo é um procedimento judicial no qual você solicita que o seu inquilino se retire do imóvel. Além disso, a ação é válida para propriedades alugadas, emprestadas ou em outra situação contratual.


Quando solicitar uma ação de despejo?

O motivo mais comum para alguém ajuizar uma ação de despejo é a falta de pagamento do aluguel. No entanto, esse não é o único motivo. Assim, outros motivos podem causar a ordem de despejo. Por isso, listaremos aqui os mais recorrentes:


Passo a Passo de uma ação de despejo

Caso você decida que a melhor opção para a sua situação seja a ação de despejo, o primeiro passo que deverá tomar é conversar com o locatário sobre a necessidade dele sair do imóvel. Assim, se ele se recusar, você poderá dar entrada na ação de despejo.


Quais os motivos que levam a uma ação de despejo?

Um dos motivos mais comuns para levar o proprietário a solicitar uma ação é a falta de pagamento do aluguel por parte do inquilino, mas além desta razão, a Lei do Inquilinato prevê outros motivos que podem fazer com que o despejo ocorra.


O que é uma ação de despejo?

Antes de falar o que é uma ação de despejo, é importante citar a Lei de Locação de Imóveis, também conhecida como Lei de Inquilinato — lei nº 8.245, de 18 de outubro de 1991, com algumas atualizações em 2009, pela lei 12.112/09 — que dá amparo legal para os contratos de locação em perímetro urbano em todo o Brasil.


Quanto tempo demora uma ação de despejo por falta de pagamento?

De acordo com advogados especialistas, geralmente, uma ação de despejo por falta de pagamento demora de 6 a 12 meses para ocorrer, sendo mais comum levar um ano.


Quantos meses de aluguel atrasado para ordem de despejo?

Não há um prazo mínimo para que a ordem de despejo por falta de pagamento de aluguel possa ser solicitada. O proprietário pode fazer o pedido até mesmo um dia após o atraso de um pagamento.


Quanto custa para entrar com uma ação de despejo?

Geralmente, o valor a ser pago é de cerca de 20% do valor da dívida do inquilino, mas também pode ser feito tomando como base o valor da anuidade.


Como funciona o processo de despejo?

Cabe ao proprietário apresentar uma razão concreta e admissível para a solicitação de ação de despejo ser aceita.


O que é uma ação de despejo

Prevista na Lei do Inquilinato (Lei nº 8.245/91), a ação de despejo é um processo judicial no qual a pessoa que é proprietária de determinado imóvel pode retirar um locatário em um prazo estipulado pela Justiça.


Como funciona a ação de despejo

Se após muita conversa não deu para resolver o atrito entre proprietário e inquilino, a recomendação é buscar um advogado especialista em Direito Imobiliário para ajuizar a ação de despejo, uma vez que o uso do imóvel como moradia torna o tema bastante delicado.


Quais os motivos para uma ação de despejo?

É muito comum que uma ação de despejo seja solicitada quando acontece a falta de pagamento do aluguel. No entanto, na Lei do Inquilinato, como mostra o blog da CHC Advocacia, estão previstos outros dispositivos que dão fundamento a essa medida drástica. Vejamos alguns deles:


Quanto tempo demora uma ação de despejo? Qual o custo?

A ação de despejo é um processo lento, que pode levar até alguns meses para obter uma decisão. Se o morador apresentar defesa, o prazo se arrasta ainda mais.


Ação de despejo na pandemia

Em 20 de março de 2020, as ações de despejo foram suspensas em todo o país, garantindo o direito à moradia durante a crise causada pela pandemia de Covid-19 .


Busque moradias que caibam no orçamento

Deu para perceber que, ao evitar dívidas e cumprir com o contrato, você também pode garantir a sua moradia. Então, que tal buscar um local que combine com o seu orçamento e estilo de vida ?!


Garantias para os proprietários

Além disso, se você é proprietário, ao anunciar imóvel grátis e alugar pelo QuintoAndar, você recebe o aluguel todo dia 12 de cada mês, mesmo se o inquilino não pagar.


O que é e como acontece a ação de despejo?

O objetivo principal desse tipo de ação é viabilizar a desocupação do bem em questão, retomando a posse total para o dono.


Quais são os direitos e deveres do inquilino?

Começando pelos deveres, que são mais simples: o inquilino é obrigado a cumprir todas as obrigações do contrato celebrado com o locador — valor do aluguel e outras despesas, prazo de pagamento e cuidado com o imóvel.


Quando ela pode ser executada?

Por se tratar de uma medida mais enérgica, a ação de despejo é limitada a alguns casos específicos — especialmente de descumprimento de contrato. Dentre as possibilidades mais corriqueiras, podemos adiantar que a ação pode ser executada quando acontecer:


Quanto tempo demora uma ação de despejo?

O tempo para executar uma ação de despejo vai depender da motivação. O tempo pode variar de 6 até 12 meses, mas caso a situação se enquadre em caráter de urgência, como dito anteriormente, pode ser resolvida em até 15 dias.


Primeiro de tudo, o que é despejo?

O despejo é uma ação que pode ser realizada pelo dono de um imóvel alugado, esta ação normalmente é realizada quando é necessário desocupar o imóvel e retomar sua posse.


Vou ser despejado, e agora?

Se por acaso algum pagamento atrasar, o inquilino tem o prazo de 6 dias úteis depois do dia do vencimento para realizar o pagamento.

image

Leave a Comment