Como o açaí é contaminado pela doença de chagas

A doença de Chagas não é transmitida ao ser humano diretamente pela picada do inseto, que se infecta com o parasita quando suga o sangue de um animal contaminado (gambás ou pequenos roedores). A transmissão ocorre quando a pessoa coça o local da picada e as fezes eliminadas pelo barbeiro penetram pelo orifício que ali deixou.

Full
Answer

Como se transmite a doença de Chagas?

A doença de Chagas não se transmite pela picada do barbeiro, e sim quando fezes contaminadas pelo Trypanosoma cruzi penetram no orifício da picada do inseto. Doença causada pelo protozoário parasita Trypanosoma cruzi que é transmitido pelas fezes de um inseto (triatoma) conhecido como barbeiro.

Por que o açaí transmite a doença de Chagas?

Este texto tem como objetivo esclarecer se o açaí transmite a doença de Chagas e apresentar os riscos e cuidados que devem ser tomados em relação ao consumo desse alimento. A doença de Chagas é causada por um parasita chamado Trypanosoma cruzi.

Quem foi o autor da doença de Chagas?

Sua carreira científica foi marcada por estudos a respeito da malária e da doença que recebeu seu nome: a doença de Chagas. Em 1909, ele detectou o protozoário causador dessa doença em seres humanos, identificou o vetor e ainda descreveu a doença. Carlos Chagas faleceu em 8 de novembro de 1934, no Rio de Janeiro.

Qual é o protozoário responsável por desencadear a doença de Chagas?

O Trypanosoma cruzi é o protozoário responsável por desencadear a doença de Chagas. A doença de Chagas, também conhecida como tripanossomíase americana, é causada por protozoários da espécie Trypanosoma cruzi. A doença pode ser transmitida por diferentes vias, sendo a vetorial uma das mais conhecidas, apesar de atualmente não ser a mais comum.


Como o açaí é contaminado?

O pesquisador explica que o açaí em geral é contaminado quando um barbeiro, inseto vetor da doença, ou as fezes dele se misturam à polpa durante o processamento. “Às vezes são os reservatórios utilizados na produção do vinho de açaí que estão contaminados”, conta.


Como o barbeiro contamina o açaí?

Isso porque o mosquito barbeiro é atraído pela luz. Voando por ali, o inseto deposita suas fezes onde o açaí é manipulado ou até mesmo é macerado junto ao suco da fruta. De acordo com Morita, há maneiras de evitar que essa iguaria brasileira vire um reduto de Trypanosoma cruzi.


Como o barbeiro transmite a doença de Chagas?

Transmissão: a transmissão se dá pelas fezes que o “barbeiro” deposita sobre a pele da pessoa, enquanto suga o sangue. Geralmente, a picada provoca coceira e o ato de coçar facilita a penetração do tripanossomo pelo local da picada.


Qual a relação entre a doença de Chagas e o consumo do açaí?

Ou seja, o açaí não transmite a doença e é possível ingeri-lo sem riscos, desde que se tome os devidos cuidados com a higienização.


Qual é o perigo do açaí?

Acontece que essa saborosa fruta pode esconder um perigo: o parasita que transmite a doença de Chagas. Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), cerca de 10% dos alimentos à base de açaí no Pará e Rio de Janeiro apresentaram DNA do parasita, informa o G1 dessa doença.


Como saber se você foi picado por um barbeiro?

Marcos Boulos – No local da picada do barbeiro e da penetração das fezes infectadas pelo parasita, o primeiro sinal da inoculação é o inchaço. Se a picada for nas pálpebras, aparece o sinal de Romanã que se caracteriza pelos olhos vermelhos e inchados.


O que atrai o inseto barbeiro?

Travesseiros, términos de paredes com sancas que permitam locais escuros e que sirvam de esconderijo também são ambientes ideais para abrigá-lo. Deve-se ainda ter atenção com os ambientes de criação de animais domésticos, como camas de cachorros e de gatos, gaiolas de pássaros e de roedores, galinheiros e chiqueiros.


Quanto tempo vive um barbeiro?

O ciclo de vida dos barbeiros pode durar de 1 a 2 anos. Os barbeiros podem hospedar e transmitir o Tripanosoma cruzi que é o protozoário causador da Doença de Chagas.


Como evitar o inseto barbeiro?

A prevenção da doença de Chagas se relaciona à forma de transmissão. Uma das formas de controle é evitar que o inseto “barbeiro” forme colônias dentro das residências. E, em áreas onde os insetos possam entrar nas casas voando pelas aberturas ou frestas, podem-se usar mosquiteiros ou telas metálicas.


Consumo de alimentos é a principal forma de transmissão

Em relação às principais formas prováveis de transmissão ocorridas atualmente no país, 72% foram por transmissão oral, 9% por transmissão vetorial e 18% não identificada. “A contaminação alimentar acontece principalmente por caldo de cana, açaí e outros alimentos que são consumidos in natura, sem processo de cozimento”, destaca o coordenador.


Ainda existem vestígios do passado

Mas ainda existem marcas do passado bem marcadas na população. Hoje a prioridade para o Ministério da Saúde é ampliar o diagnóstico e acesso ao tratamento para as pessoas infectadas ao longo de décadas de intensa transmissão e que resultaram em estimativa de cerca 1 milhão de pessoas no país atualmente.


O que é a Doença de Chagas?

A doença de Chagas (tripanossomíase americana) é uma condição infecciosa aguda e crônica causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi, parasita encontrado em fezes de insetos. Estima-se que existam aproximadamente 12 milhões de portadores da doença crônica nas Américas, e que haja no Brasil, atualmente, pelo menos um milhão de pessoas infectadas.


VivaBem no Verão

O UOL VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. Um espaço com atividades para você se exercitar, mas também curtir e relaxar na entrada da Riviera de São Lourenço. Venha nos visitar!


O que é a doença de Chagas?

A doença de Chagas ou tripanossomíase americana é uma doença que afeta milhões de pessoas e é causada por um protozoário flagelado da espécie Trypanosoma cruzi. A doença pode ser transmitida de diferentes formas, sendo a transmissão vetorial uma delas. A transmissão vetorial necessita de vetores triatomíneos, conhecidos popularmente como babeiros.


Transmissão da doença de Chagas

A doença de Chagas pode ser transmitida de diferentes formas. A forma mais conhecida é a transmissão vetorial por meio de triatomíneos infectados.


Sintomas da doença de Chagas

O protozoário, após infectar o ser humano, circula na corrente sanguínea e pode acometer órgãos como o coração, esôfago e intestino. A doença de Chagas apresenta uma fase aguda e uma fase crônica. Na fase aguda, os sintomas podem ser mais leves, e algumas pessoas são assintomáticas.


Diagnóstico da doença de Chagas

A doença de Chagas é diagnosticada por meio de exames laboratoriais específicos. A depender da fase da doença, poderá ser realizado o exame de sangue parasitológico e/ou sorológico. O exame parasitológico identifica a presença de parasitos circundantes, enquanto o exame sorológico analisa a presença de anticorpos anti- T. cruzi.


Tratamento da doença de Chagas

O tratamento da doença de Chagas é feito baseando-se na fase em que a doença se apresenta e nas complicações decorrentes da infecção. Pessoas que apresentam a doença na fase aguda fazem uso do medicamento benznidazol, o qual é fornecido pelo Ministério da Saúde de maneira gratuita.


Prevenção da doença de Chagas

Como salientado, a doença de Chagas pode ser transmitida de diferentes maneiras, portanto, há diferentes formas de se prevenir. No que diz respeito à transmissão vetorial, faz-se necessário evitar o contato com o barbeiro.


Carlos Chagas

Não podemos falar de doença de Chagas sem explicar quem foi Carlos Chagas. Esse pesquisador nasceu em Minas Gerais, em 1879. Sua carreira científica foi marcada por estudos a respeito da malária e da doença que recebeu seu nome: a doença de Chagas.


Doença de Chagas

A doença de Chagas é causada por um parasita chamado Trypanosoma cruzi. Ele é transmitido para animais e pessoas através de insetos conhecidos como barbeiros, que portam a doença e são comumente encontrados em países do continente americano, principalmente na América Latina. Trata-se de uma doença que, se não tratada, pode causar a morte.


Transmissão da doença de Chagas

A transmissão da doença se dá pelo contato com insetos que foram infectados ao morder um animal ou pessoa doente. No entanto, não é a picada do inseto que transmite a doença de Chagas, mas sim o contato com as fezes do bicho, que costuma defecar logo após picar uma pessoa ou animal.


Tratamento

O tratamento é mais eficaz quando feito na fase aguda da infecção. Ele também pode ser feito durante a fase crônica, mas não é capaz de reverter danos em órgãos que podem ter sido causados pela presença do parasita.


Açaí transmite doença de Chagas?

Segundo estudo publicado na revista científica Emerging Infectious Diseases em 2009, um dos modos de transmissão da doença é por via oral através do consumo de alimentos contaminados por fezes do inseto que transmite a doença de Chagas.


Sintomas

A doença tem dois estágios: uma fase aguda (logo após o contágio) e outra crônica, que se manifesta de modo diferente em cada pessoa. Se o doente tiver o sistema imune comprometido, a doença pode evoluir mais rapidamente e se tornar mais grave.


Transmissão

A contaminação ocorre principalmente por ingestão de alimentos contaminados com as fezes do inseto.Também pode ser por meio de transfusão de sangue ou transplante de órgãos contaminados, ou ainda, passar da mãe ao bebê durante a gestação (congênita) ou aleitamento.


Medidas de Prevenção

As medidas profiláticas são muito importantes para evitar a doença, uma vez que ainda não há um tratamento completamente eficaz para a doença. A principal medida é evitar ser picado pelo barbeiro e ter contato com as fezes dele.


O que é a doença de Chagas?

A doença de Chagas, também conhecida como tripanossomíase americana, é um problema grave e apresenta alta morbimortalidade, principalmente em países endêmicos, como é o caso do Brasil. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de sete milhões de pessoas estão contaminadas, estando a maioria na América Latina .


Transmissão da doença de Chagas

Existem duas vias principais de transmissão da doença. A forma clássica ocorre através da picada de um inseto triatomíneo hematófago (alimenta-se de sangue) conhecido como barbeiro. Enquanto ele suga o sangue do hospedeiro, elimina fezes contendo a forma contaminante do protozoário.


Diagnóstico e tratamento da doença de Chagas

O diagnóstico da doença de Chagas é realizado por exames laboratoriais específicos, como a Imunofluorescência Indireta (IFI), e exames sorológicos. O diagnóstico deve feito o mais rápido possível, pois o tratamento deve acontecer ainda na fase inicial da doença, quando apresenta maior eficácia.


Transmissão

Image
A doença de Chagas não é transmitida ao ser humano diretamente pela picada do inseto, que se infecta com o parasita quando suga o sangue de um animal contaminado (gambás ou pequenos roedores). A transmissão ocorre quando a pessoa coça o local da picada e as fezes eliminadas pelo barbeiro penetram pelo orifício que ali deixou. Veja também: Entrevist…

See more on drauziovarella.uol.com.br


Sintomas

  • Febre, mal-estar, inflamação e dor nos gânglios, vermelhidão, inchaço nos olhos (sinal de Romanã), aumento do fígado e do baçosão os principais sintomas. Com frequência, a febre desaparece depois de alguns dias e a pessoa não se dá conta do que lhe aconteceu, embora o parasita já esteja alojado em alguns órgãos. Como nem sempre os sintomas são perceptíveis, o indivíduo pode saber que tem a doença, 20, 30 anos depois de ter sido i…

See more on drauziovarella.uol.com.br


Evolução Da Doença de Chagas

  • Caindo na circulação, o Trypanosoma cruzi afeta os gânglios, o fígado e o baço. Depois se localiza no coração, intestino e esôfago. Nas fases crônicas da doença, pode haver destruição da musculatura e sua flacidez provoca aumento desses três órgãos, o que causa problemas como cardite chagásica (aumento do coração), megacólon (aumento do cólon que pode provocar retenção das fezes) e megaesôfago, cujo principal sintoma é a regurgitaç…

See more on drauziovarella.uol.com.br


Diagnóstico E período de Incubação

  • O período de incubação vai de cinco a 14 dias após a picada e o diagnóstico é feito através de um exame de sangue, que deve ser prescrito, principalmente, quando um indivíduo vem de zonas endêmicas e apresenta os sintomas acima relacionados.

See more on drauziovarella.uol.com.br


Tratamento

  • A medicação é dada sob acompanhamento médico nos hospitais devido aos efeitos colaterais que provoca, e deve ser mantida, no mínimo, por um mês. O efeito do medicamento costuma ser satisfatório na fase aguda da doença, enquanto o parasita está circulando no sangue. Na fase crônica, não compensa utilizá-lo mais e o tratamento é direcionado às manifestações da doença a fim de controlar os sintomas e evitar as complicações.

See more on drauziovarella.uol.com.br


Recomendações

  1. Como não existe vacina para a doença de Chagas, os cuidados devem ser redobrados nas regiões onde o barbeiro ainda existe, como o vale do Jequitinhonha, no norte de Minas Gerais, e em algumas áreas…
  2. A pessoa que esteve numa região de transmissão natural do parasita deve procurar assistência médica se apresentar febre ou qualquer outro sintoma característico da doença de Chagas;
  3. Portadores do parasita, mesmo que sejam assintomáticos, não podem doar sangue;
  1. Como não existe vacina para a doença de Chagas, os cuidados devem ser redobrados nas regiões onde o barbeiro ainda existe, como o vale do Jequitinhonha, no norte de Minas Gerais, e em algumas áreas…
  2. A pessoa que esteve numa região de transmissão natural do parasita deve procurar assistência médica se apresentar febre ou qualquer outro sintoma característico da doença de Chagas;
  3. Portadores do parasita, mesmo que sejam assintomáticos, não podem doar sangue;
  4. A cana-de-açúcar deve ser cuidadosamente lavada antes da moagem e a mesma precaução deve ser tomada antes de o açaí ser preparado para consumo;

Leave a Comment