Como o tripanosoma cruzi chega no açai

image

Full
Answer


Como o Trypanosoma cruzi entra no barbeiro?

Transmissão: a transmissão se dá pelas fezes que o “barbeiro” deposita sobre a pele da pessoa, enquanto suga o sangue. Geralmente, a picada provoca coceira e o ato de coçar facilita a penetração do tripanossomo pelo local da picada.


Como ocorre a contaminação por Trypanosoma cruzi?

Transmissão: O Trypanosoma entra no sangue a partir do contato das fezes do inseto “barbeiro” com a pele ferida ou com a mucosa do olho, ou pela ingestão de alimentos contaminados com esse material. Pode ocorrer também recebendo transfusão de sangue ou transplante de pessoas com a doença.


Quem transmite o Trypanosoma cruzi?

Doença de Chagas (DC) ou Tripanossomíase Americana é uma infecção parasitária, antropozoonose, causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi e transmitida pelo triatomíneo, popularmente conhecido como bicho-barbeiro.


Onde o Trypanosoma cruzi se instala?

O parasita instala-se no aparelho digestivo do inseto que o elimina pelas fezes enquanto pica uma pessoa. A picada provoca uma irritação e é a própria pessoa que, ao coçar, introduz o parasita no organismo pelo buraco que ali ficou.


Como é feita a transmissão da malária?

A transmissão da malária pode ocorrer pela picada do mosquito, por transfusão de sangue contaminado, através da placenta (congênita) para o feto ou por meio de seringas infectadas. Após a picada do mosquito contaminado, os parasitas chegam rapidamente ao fígado, onde se multiplicam de forma intensa e veloz.


Como a doença é transmitida?

A transmissão acontece de uma pessoa doente para outra, por meio de: Aperto de mãos. Gotículas de saliva. Espirro.


Quais as principais formas infectante do Trypanosoma cruzi para o homem?

Esses tripomastigotas, altamente móveis e infectantes, são as formas metacíclicas eliminadas nas fezes do vetor. As principais formas do Trypanosoma cruzi são: · Amastigota – fase intracelular, sem organelas de locomoção, com pouco citoplasma e núcleo grande.


Qual célula O Trypanosoma cruzi infecta?

O tropismo de Trypanosoma cruzi por células musculares, principalmente células musculares cardíacas, pode acarretar cardiomiopatia progressiva na fase crônica da doença de Chagas. O entendimento das bases moleculares do processo de invasão de T.


Quais são as características do protozoário Trypanosoma cruzi?

O Trypanosoma cruzi é um protozoário flagelado, unicelular, causador da doença de chagas. Ele é transmitido pela picada de um barbeiro do gênero Triatoma. Esse inseto se alimenta de sangue e libera fezes contaminadas com esses protozoários que agora podem invadir através dos poros da pele.


Qual é o reino do Trypanosoma cruzi?

ExcavataTrypanosoma cruzi / ReinoExcavata é um grupo de organismos unicelulares pertencentes ao domínio Eukaryota. Como estrutura taxonómica, o agrupamento foi proposto em 2002 por Thomas Cavalier-Smith como uma nova categoria … Wikipédia


Nomenclatura e taxonomia

A espécie foi descrita em 1909 pelo médico brasileiro Carlos Chagas, como Trypanosoma cruzi. O epíteto específico homenageia o médico epidemiologista Oswaldo Cruz.


Biologia

A espécie possui um ciclo evolutivo heteroxênico, com hospedeiros vertebrados e invertebrados. Em função desse ciclo digenético, Trypanosoma cruzi desenvolveu mecanismos adaptativos que permitem que o parasita sobreviva às diversas mudanças físico-químicas na passagem de um hospesdeiro para outro.


Genética

T. cruzi está dividido em dois grandes grupos: T. cruzi I e T. cruzi II. Este último por sua vez se divide em cinco grupos menores: T. cruzi IIa, IIb, IIc, IId e IIe. T. cruzi II está mais associado aos casos crônicos a doença de Chagas, especialmente no cone sul da América do Sul.


1.O que é Doença de Chagas (tripanossomíase)?

A tripanossomíase americana, conhecida também como doença de Chagas, é uma importante doença parasitária resultante da infecção pelo protozoário Trypanosoma cruzi, tendo os insetos triatomíneos (Ex: barbeiro) como vetores.


2. Qual o nome do agente causador da Doença de Chagas?

O agente etiológico causador da doença de chagas é o Trypanosoma cruzi, protozoário flagelado da ordem Kinetoplastida, família Trypanosomatidae, e se caracteriza pela presença de um flagelo e uma única mitocôndria.


4.Como é o ciclo da Doença de Chagas?

O ciclo da doença começa quando um inseto vetor infectado (Ex: Barbeiro) libera tripomastigotas em suas fezes, durante a picada do inseto. Os tripomastigotas entram no hospedeiro através das membranas mucosas.


5.Por que o vetor da Doença de Chagas recebe o nome de bicho barbeiro?

Curiosamente, a doença de chagas recebe vários nomes conforme a região geográfica. De todos eles, barbeiro é o mais comum nas regiões sudeste e centro-oeste, onde a doença de Chagas passou a ser conhecida popularmente como “a doença do barbeiro”.


7.Como é um coração chagásico?

A morfologia e características do coração podem variar de acordo com a causa de morte.


8.Como é feito o diagnóstico da Doença de Chagas?

Na fase aguda da doença de Chagas, o diagnóstico é baseado na presença de febre prolongada, e por provas parasitológicas diretas, com as quais se busca visualizar diretamente no microscópio o parasita no sangue da pessoa com suspeita de infecção.


9.Qual o tratamento da Doença de Chagas

O tratamento da doença de Chagas é indicado após confirmação da doença. Na maioria dos casos indica-se o uso de benznidazol. Na fase crônica os casos são avaliados separadamente e depende da condição clínica de cada paciente.

image


Descrição geral


Nomenclatura e taxonomia

A espécie foi descrita em 1909 pelo médico brasileiro Carlos Chagas, como Trypanosoma cruzi. O epíteto específico homenageia o médico epidemiologista Oswaldo Cruz. No mesmo ano, Chagas recombinou-a em um novo gênero, o Schizotrypanum, após reconhecer particularidades biológicas no ciclo reprodutivo que a diferenciava das demais espécies do gênero Trypanosoma. Em 1912, Delanoë e Delanoë descrevem o parasita Pneumocystis carinii, demonstrando que as …


Distribuição geográfica

O T. cruzi ocorre naturalmente do sul dos Estados Unidos até a Argentina, sendo relativamente incomum na bacia amazônica.


Morfologia

O T. cruzi é um protozoário unicelular e parasita obrigatório. Possui um único flagelo e uma única mitocôndria, alongada e terminada num cinetoplasto, que contêm o DNA mitocondrial. Apresenta alternância de formas celulares durante seu ciclo biológico, sendo as principais: tripomastigota, forma em formato de C e flagelada; epimastigota, forma flagelada encontrada apenas no vetor, com capacidade reprodutiva; e amastigota, forma intracelular, sem flagelo, encontrada no hospe…


Biologia

A espécie possui um ciclo evolutivo heteroxênico, com hospedeiros vertebrados e invertebrados. Em função desse ciclo digenético, Trypanosoma cruzi desenvolveu mecanismos adaptativos que permitem que o parasita sobreviva às diversas mudanças físico-químicas na passagem de um hospesdeiro para outro.
Os hospedeiros invertebrados são insetos da subfamília Triatominae, distribuída por todo o cont…


Genética

T. cruzi está dividido em dois grandes grupos: T. cruzi I e T. cruzi II. Este último por sua vez se divide em cinco grupos menores: T. cruzi IIa, IIb, IIc, IId e IIe. T. cruzi II está mais associado aos casos crônicos a doença de Chagas, especialmente no cone sul da América do Sul. O consenso mais recente divide intraespecificamente em seis grupos gerais: TcI, TcII, TcIII, TcIV, TcV e TcVI. Cada grupo é predominante em regiões diferentes da América, sendo que a patogenicidade em …


Ver também

• Transialidase


Ligações externas

• «Biblioteca Virtual Carlos Chagas. A doença de Chagas – O causador da doença de Chagas»

Leave a Comment