Como um psicólogo pode levar uma açao a uma comunidade

Como o psicólogo comunitário pode ajudar a lidar com os problemas internos?

Quando a consciência dos fatores políticos e sociais que influenciam a vida da comunidade aumenta, é possível alcançar capacitação para lidar com os problemas internos. Assim, o psicólogo comunitário serve como incentivador para solucionar os problemas desse grupo.

Qual a importância do psicólogo na comunidade?

Numa proposta do psicólogo na comunidade, além do levantamento dos dados, o psicólogo tende a identificar padrão sócio-econômico, estrutura familiar, histórico, etc, possibilitando assim o processo de intervenção que poderá usar como aliado os equipamentos sociais, como a escola, creches, centro de convivência juvenil, …

Como surgiu a psicologia comunitária?

Assim, a Psicologia comunitária surgiu, aplicando teorias e métodos diretamente em comunidades de baixa renda. À medida que o trabalho evolui, os profissionais dessa Psicologia passam a fazer um levantamento das carências e necessidades do público-alvo.

Por que levar a criança ao psicólogo?

Entretanto, levar a criança ao psicólogo nesse caso é fundamental. Por mais parceiro que você seja do seu filho, a ajuda profissional fará uma grande diferença nos resultados, além de ajudar no diagnóstico de depressão e outros transtornos mais graves.


Qual é o papel do psicólogo na comunidade?

Desse modo, a Psicologia Social Comunitária visa promover a consciência e minimizar a alienação, procura promover a participação reflexiva dos grupos com os quais trabalha na definição das prioridades de atuação, planejamento, execução e avaliação de suas atividades.


O que é a inserção da o Psicóloga o na comunidade?

Este tipo de inserção propõe usar aportes oriundos de uma psicologia social crítica, que compreende o homem na sua totalidade histórica, em movimento e protagonista da sua história particular e coletiva, forjando relações cotidianas que podem contribuir para a construção de uma vida mais digna e humana.


Qual a atuação do psicólogo na intervenção comunitária?

O trabalho do psicólogo comunitário em uma comunidade visa sobremaneira à formação de uma consciência crítica da própria população, que nesse processo, participa de forma ativa na identificação e na resolução de suas necessidades principais.


Quais são as possíveis técnicas de intervenção do psicólogo comunitário?

Os principais passos de tal método consistem em: familiarização com a organização de base comunitária, identificação de necessidades (realizada com o grupo da organização), reunião com coordenação e membros da organização social e trabalho coletivo.


Qual o conceito de Psicologia Comunitária e seu objetivo?

Psicologia comunitária está preocupada com a forma como os indivíduos se relacionam com a sociedade. Psicologia Comunitária ou Psicologia da comunidade é uma área de especialidade que coloca em pauta a forma como os indivíduos se relacionam com a sociedade.


Quais as principais características da Psicologia Comunitária no Brasil?

A Psicologia Comunitária se caracteriza por trabalhar com sujeitos sociais em condições ambientais específicas, atento às suas respectivas psiques ou individualidades. Seus objetivos se referem a melhoria das relações entre os sujeitos e entre estes e a natureza e instituições sociais ou o seu empoderamento.


Quais são as técnicas de intervenção?

A principal técnica de intervenção é a técnica das reuniões de confrontação que é uma técnica de alteração comportamental na qual dos grupos antagônicos entram em conflito com seus ideais, se reúnem com a moderação de um consultor para discutir, avaliar e reduzir suas diferenças.


Quais os 4 pilares da psicologia comunitária?

A partir deste racional ancorado em quatro pilares-base que abrangem o domínio e a capacidade de aplicação dos princípios, o desenvolvimento de programas, a capacidade de delinear e acompanhar percursos de mudança social e a investigação em contextos comunitários, foi possível sintetizar de forma cria- tiva, mas …


O que é a intervenção comunitária?

A intervenção comunitária, de forma geral, é um processo que tem por objetivo criar condições que permitam melhorar a vida das populações, aumentando o seu bem-estar.


O que é Psicologia comunitária?

A Psicologia comunitária se encarrega de solucionar os problemas sociais pertencentes a uma comunidade. Embora seja uma disciplina mais recente, esse tipo de Psicologia foi elaborado com o intuito de solucionar e prevenir problemas sociais.


Origens

Na década de 60, surgiu uma proposta que visava a deselitização da Psicologia, permitindo então um acesso maior do público a ela. A ideia não visava apenas a inclusão, mas também a melhoria do modo de vida da população trabalhadora. Assim, a Psicologia comunitária surgiu, aplicando teorias e métodos diretamente em comunidades de baixa renda.


Características da Psicologia comunitária

Mesmo que o conceito geral de Psicologia comunitária seja compreensível, entender o modo de trabalho ajuda a esclarecer mais as ações realizadas. Logo, saber as características desse trabalho permite aos moradores do local de atendimento perceberem onde ela pode ser mais útil. As principais características dessa psicologia são:


Demanda popular

De acordo com historiadores, alguns movimentos ideológicos influenciaram a área da saúde durante o desenvolvimento do capitalismo. Assim, a medicina social, a política médica, a medicina preventiva e a saúde comunitária foram alguns tópicos que chamaram a atenção dos estudiosos anos atrás.


Impacto

Duas das principais atividades da Psicologia comunitária são a problematização do relacionamento social teórico e a aplicação do conhecimento. Assim sendo, esse ramo da área busca analisar como a sociedade pode ser mais justa e democrática para os cidadãos mais vulneráveis.


Aplicação dentro da comunidade

Os modelos biomédico e biopsicossocial dividem uma ideia distorcida sobre saúde e imposição da medicalização no cotidiano das pessoas. Os ambientes e comportamentos de risco existem, sendo consequências da visão autoritária de muitos profissionais que se consideram “donos da verdade”.


Benefícios

Certamente, quando todo o corpo de profissionais e a comunidade se unem, os resultados desse esforço aparecem. Claro que, dependendo da demanda no local, pode levar mais tempo para isso acontecer. De qualquer forma, os moradores serão beneficiados gradualmente. Dentre os resultados mais visíveis, nós podemos apontar:


Entenda quando é a hora de levar uma criança ao psicólogo

Tão importante quanto a saúde física, o psicológico das crianças deve ser uma preocupação constante para os pais. Muitos ficam em dúvida sobre quando levar uma criança ao psicólogo e acabam não o fazendo.


Tristeza sem motivo

Há quem diga que criança é sinônimo de alegria. Estamos acostumados a vê-las sempre felizes, cheias de vida e curiosas para descobrir o mundo. Entretanto, nem sempre é dessa forma que elas agem.


Problemas de concentração

Conforme citamos acima, algumas crianças podem apresentar transtornos que interferem na concentração, como o TDAH. Em alguns casos, o tratamento psicológico precisa, inclusive, ser complementado com medicamentos.


Dificuldades em interagir com outras crianças

Seu filho tem dificuldades para interagir com outras crianças? Não consegue fazer amizades? Esses sinais podem denotar bem mais do que uma mera timidez.


Agressividade

Algumas crianças têm dificuldades em lidar com respostas negativas aos seus desejos. Sendo assim, fazem “birra” a cada vez que a mãe não compra algo que ele viu no mercado ou se recusam a obedecer às ordens da professoras na escola.


Compulsão por comida

Observe como o seu filho age diante de algo que não sai como ele esperava. Descontar suas frustrações na comida é algo que acompanha algumas pessoas desde muito cedo.


Uma comunidade sustentável pode ser um loteamento ou até um bairro, mas não uma cidade. A escala para trabalhar

Para planejar uma cidade gaúcha é necessário planejar um bairro e uma comunidade local. O planejamento destas pequenas comunidades podem mudar o comportamento e a vida das pessoas. Abaixo, mostramos razões suficientes para melhorar uma comunidade tornando-as mais sustentáveis.


Se queremos uma comunidade sustentável, a primeira preocupação deve ser com as pessoas que lá moram e convivem

Se queremos construir um local ou uma comunidade sustentável, a primeira contribuição e preocupação que precisamos ter são com as pessoas que lá moram e que lá irão conviver.


Problemas na fala, falta de atenção na escola e dificuldades de aprendizagem podem ser indícios de distúrbios como autismo e hiperatividade

Foto: SXCPor Ana Carolina Simões
A professora da escola te chamou para conversar e disse que seu filho precisa de auxílio psicológico.


1. Problemas na fala e na interação social

De acordo com Ana Maria Menezes Duarte, PHD em psicologia infantil e desenvolvimento humano e consultora do Consulte Aqui, crianças que apresentam problemas de comunicação verbal, interação social e criatividade podem ser autistas. “Essas são as três principais características do autismo.


2. Agressividade e baixa tolerância à frustração

Sabe aquela criança agressiva, que faz pirraça por tudo, não respeita os pertences dos outros, é antissocial e não lida bem com a frustração? Então, pode ser que ela não tenha nenhum distúrbio psicológico. Isso mesmo! O problema pode estar nos pais ou em quem a educa.
“Alguns pais não impõem limites aos filhos e deixam que eles controlem tudo.


3. Inquietude e falta de concentração

Se você recebe reclamações constantes da escola de que seu filho não para quieto, adora conversar com os amigos e não presta muita atenção na aula, pode ser que ele seja apenas uma criança ativa.
” Alguns educadores não sabem lidar com esses tipos de comportamento e diagnosticam a criança como hiperativa – ou com Transtorno do Déficit de Atenção (TDAH) – sugerindo que façam uso de medicamentos.


4. Problemas de aprendizagem

São muitos os fatores que podem influenciar na aprendizagem da criança. “Primeiro observe se ela tem dificuldade visual ou auditiva. O ‘olhar vago’, uma característica do autismo, pode ser apenas um problema de visão. Cuidado com o diagnóstico precoce”, alerta a psicóloga Ana Maria Menezes.


7 sinais de que é necessário levar a criança no psicólogo

Hoje em dia, o atendimento psicológico vem se tornando cada vez mais procurado por pessoas de todas as idades, inclusive crianças pequenas. Muitos pais, em algum momento, deparam-se com uma famosa questão: será que devo levar meu filho ao psicólogo?


1. Mudança repentina de comportamento

A melhor forma de saber se é preciso levar seu filho ao psicólogo é estar atento ao comportamento dele no dia a dia. Mudanças bruscas de comportamento podem indicar algum problema. Mas, antes de buscar um profissional, é importante saber se:


2. Dificuldade de aprendizado

As crianças aprendem em ritmos diferentes que devem ser respeitados pelos pais e pela escola. Mesmo assim, é preciso observar se a criança apresenta muito mais dificuldade do que outras crianças da mesma idade, ou se ela passa a apresentar dificuldades em tarefas que antes tinha facilidade.


3. Tristeza ou choro sem motivo aparente

As crianças geralmente costumam ser cheias de vivacidade e gostam de brincar, mesmo sendo mais ou menos tímidas. Agora, se a criança passar a chorar “sem motivo”, ficar mais quieta e parecer triste a maior parte do tempo é um sinal de que algo não vai bem.


4. Compulsão por comida

Assim como acontece com adultos, a relação com a comida muda de acordo com o emocional da criança. A criança que se sente ansiosa ou com alguma outra questão emocional mal resolvida, pode começar a comer compulsivamente, ou até parar de comer. Por isso, é sempre bom estar atento à alimentação do seu filho.


5. Doenças muito frequentes

Ficar doente muitas vezes é uma forma de expressão do corpo para mostrar que algo não vai bem. Esse sintoma corporal deve ser melhor avaliado pelos pais, principalmente se não houver uma explicação médica que justifique um aumento na frequência das doenças.


6. Intolerância e agressividade

Algumas crianças desenvolvem um comportamento típico que envolve birras, respostas agressivas e desrespeitosas e intolerância a aceitar um “não”. Isso não necessariamente está ligado a um distúrbio psicológico, mas pode ser melhor analisado por um profissional, que auxiliará os pais a resolverem melhor a situação.


As diferentes formas de ajudar a comunidade

Para ajudar a comunidade você não precisa realizar grandes feitos. Atos simples como auxiliar uma vizinha mais idosa a carregar as sacolas do mercado já é uma prova de como você pode contribuir e melhorar o dia de uma pessoa.


Como o Reação está impactando diferentes comunidades

O trabalho do Instituto Reação também tem o propósito de ajudar a comunidade onde estamos. Atualmente, nossos polos estão distribuídos no Rio de Janeiro e em Cuiabá.


O Que É Psicologia Comunitária?

Image
A Psicologia comunitária se encarrega de solucionar os problemas sociais pertencentes a uma comunidade. Embora seja uma disciplina mais recente, esse tipo de Psicologia foi elaborado com o intuito de solucionar e prevenir problemas sociais. Por isso, ele se vale da dinâmica e da psicoterapia, atuando em grupos, a…

See more on psicanaliseclinica.com


Origens

  • Na década de 60, surgiu uma proposta que visava a deselitização da Psicologia, permitindo então um acesso maior do público a ela. A ideia não visava apenas a inclusão, mas também a melhoria do modo de vida da população trabalhadora. Assim, a Psicologia comunitária surgiu, aplicando teorias e métodos diretamente em comunidades de baixa renda. À medida que o trabalho evolui…

See more on psicanaliseclinica.com


Características Da Psicologia Comunitária

  • Mesmo que o conceito geral de Psicologia comunitária seja compreensível, entender o modo de trabalho ajuda a esclarecer mais as ações realizadas. Logo, saber as características desse trabalho permite aos moradores do local de atendimento perceberem onde ela pode ser mais útil. As principais características dessa psicologia são: 1. desenvolvimento de trabalhos sociais foc…

See more on psicanaliseclinica.com


Demanda Popular

  • De acordo com historiadores, alguns movimentos ideológicos influenciaram a área da saúde durante o desenvolvimento do capitalismo. Assim, a medicina social, a política médica, a medicina preventiva e a saúde comunitária foram alguns tópicos que chamaram a atenção dos estudiosos anos atrás. Para muitos autores, esses foram os vetores ideológicos que ajudaram …

See more on psicanaliseclinica.com


Impacto

  • Duas das principais atividades da Psicologia comunitária são a problematização do relacionamento social teórico e a aplicação do conhecimento. Assim sendo, esse ramo da área busca analisar como a sociedade pode ser mais justa e democrática para os cidadãos mais vulneráveis. Por isso que os profissionais sempre ressaltam a importância de se manter princípi…

See more on psicanaliseclinica.com


Aplicação Dentro Da Comunidade

  • Os modelos biomédico e biopsicossocial dividem uma ideia distorcida sobre saúde e imposição da medicalização no cotidiano das pessoas. Os ambientes e comportamentos de risco existem, sendo consequências da visão autoritária de muitos profissionais que se consideram “donos da verdade”. Contudo, o método de intervenção tem feito diferença nas “práticas saudáveis”, cham…

See more on psicanaliseclinica.com


Benefícios

  • Certamente, quando todo o corpo de profissionais e a comunidade se unem, os resultados desse esforço aparecem. Claro que, dependendo da demanda no local, pode levar mais tempo para isso acontecer. De qualquer forma, os moradores serão beneficiados gradualmente. Dentre os resultados mais visíveis, nós podemos apontar: 1. a promoção da consciência a respeito das ne…

See more on psicanaliseclinica.com


Considerações Finais sobre Psicologia Comunitária

  • A principal meta da Psicologia comunitária é trazer a mudança positiva para o desenvolvimento de comunidades carentes. Mesmo que seja relativamente nova, essa ciência se mostrou capaz de transformar a perspectiva das pessoas a respeito das necessidades desse grupos. Para tanto, se faz necessário um trabalho em conjunto entre os moradores e a equipe atuante no local. Ass…

See more on psicanaliseclinica.com

Leave a Comment