O açai e gordura boa

image

O azeite é um clássico da alimentação saudável e uma ótima fonte de gordura boa. Perfeito para temperar saladas, ele é rico em ácido graxos e é um conhecido aliado do coração, prevenindo problemas cardiovasculares e hipertensão. É também muito conhecido por ajudar a prevenir o acidente vascular cerebral, conhecido como AVC.

Full
Answer

Quais são as gorduras boas?

Abacate, azeite, salmão e oleaginosas são opções de gorduras boas — Foto: Istock Getty Images

Qual a diferença entre boas e ruins gorduras?

Para a saúde a longo prazo, algumas gorduras são melhores que outras. As boas gorduras incluem gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas. Os ruins incluem gorduras trans fabricadas industrialmente. Gorduras saturadas caem em algum lugar no meio. Todas as gorduras têm uma estrutura química similar: uma cadeia de átomos de carbono ligada …

Quais são as diferenças entre boas gorduras e saturadas?

As boas gorduras vêm principalmente de vegetais, nozes, sementes e peixes. Eles diferem das gorduras saturadas por terem menos átomos de hidrogênio ligados às suas cadeias de carbono. Gorduras saudáveis ​​são líquidas à temperatura ambiente, não sólidas.

Por que os alimentos ricos em gordura boa devem fazer parte de uma alimentação equilibrada?

Os alimentos ricos em gordura boa podem e devem fazer parte de uma alimentação equilibrada, não é preciso ter medo deles. Ao lado de boas fontes de carboidratos e de proteínas, fortalecem a saúde e dão mais energia para o seu corpo. Gostou de nosso artigo e deseja acompanhar mais conteúdos como este?

image


Qual o mal que o açaí faz?

Como se trata de um alimento muito calórico, em grandes quantidades o açaí pode levar a hiperglicemia, o aumento de açúcar no sangue, e problemas para quem é diabético, especialmente se ele for acompanhado por elementos muito engordativos, como xarope de guaraná e leite condensado.


Tem gordura no açaí?

Benefícios – O açaí é uma fruta rica em gordura boa (monoinsaturada), fibra e carboidrato, como qualquer outra fruta. A cor escura indica a presença de antioxidantes.


É saudável comer açaí?

Segundo a nutricionista, o alimento possui enorme valor nutricional e quantidades significativas de gordura saudável para o organismo, entre outros fatores supernutritivos: “Ele possui fibras, minerais, como cálcio e potássio, e substâncias antioxidantes, como as antocianinas e flavonoides”, explica Luciana.


Pode tomar açaí todos os dias?

Não estão descritos os efeitos colaterais relacionados ao consumo de açaí, no entanto, como possui muitas calorias e gordura, o consumo excessivo de açaí pode engordar. Dessa forma, o açaí deve ser evitado por quem tem excesso de peso ou obesidade, sendo esta a única contra-indicação do consumo do fruto.


Quanto o açaí tem de gordura?

Tabela de informação nutricionalQuantidade por 100 g de açaíEnergia: 58 caloriasGorduras3,9 gCálcioCarboidratos6,2 gFerroFibras2,6 gVitamina C3 more rows


O que tem mais gordura açaí ou sorvete?

Um picolé de açaí com peso em torno de 60 g fornece aproximadamente 75 kcal, ou seja, é bem menos calórico que o sorvete de massa ou a tigela de açaí. Mas, na composição do picolé industrializado também há outras substâncias como açúcar, polpa de açaí e de banana, extrato de guaraná e aromatizantes.


Quanto de açaí posso tomar por dia?

Não exagere na quantidade e nas porções, ou seja, para se obter os benefícios que o açaí pode oferecer sem abusar nas calorias, deve-se consumir entre 100 g e 200 g somente uma vez ao dia e não precisa ser todos os dias.


Tem açúcar no açaí?

Portanto, na sua forma natural o açaí não causa tanto impacto no peso, “já que é rico em fibras e possui somente o açúcar natural da fruta.


Qual e o açaí mais saudável?

Como a cor do açaí vem da antocianina responsável pela ação antioxidante, quanto mais escura for a polpa do açaí mais certeza podemos ter de que se trata de um açaí saudável. Ou seja, quanto mais roxa sua boca e os seus dentes ficarem depois de comer ou tomar açaí como suco, maior será a ação antioxidante no seu corpo.


Quais são os benefícios e malefícios do açaí?

O açaí, por ser rico em vitaminas, fibras e proteínas, oferece uma série de benefícios, como melhora do humor, aumento na libido e fertilidade, além de hidratar pele e cabelos. No entanto, o que pouca gente fala é que mesmo os alimentos saudáveis podem gerar problemas de saúde, caso sejam consumidos de forma errada.


Quais os benefícios do açaí para o corpo humano?

A fruta é rica em antioxidantes (antocianinas e proantocianidinas, que dão a cor roxa), que são responsáveis por controlar, prevenir e até inibir processos inflamatórios. Elas também atuam na redução do LDL-colesterol (o famoso colesterol ruim). Outro dos benefícios do açaí é a prevenção de doenças.


Como tomar açaí e não engordar?

Além disso, é necessário estar atento aos acompanhamentos escolhidos para consumir o açaí. Geralmente as opções que possuem muitas gorduras, açúcar e carboidratos devem ser evitadas, caso de chocolate, leite em pó, granola adoçada e confeitos. Com esses acompanhamentos, o açaí se torna uma bomba calórica e engorda sim.


Que tipos diferentes de gordura existem?

Os diferentes tipos de gordura são identificados pela sua estrutura química.


Qual a relação entre a gordura e o colesterol?

Demasiada gordura pode aumentar os níveis de colesterol no sangue e contribuir para a doença cardíaca.


Abacate

Apesar do alto valor calórico, o abacate é uma fruta muito nutritiva, rica em gorduras boas que fazem bem ao organismo. Essas gorduras, chamadas de monoinsaturadas, ajudam a controlar os índices de colesterol.


Oleaginosas

Castanhas oleaginosas como amêndoa, avelã, nozes, castanha-do-Pará, pistache, castanha-de-caju e outras são excelente fonte de proteínas e gorduras boas. Em pequenas porções, são ideais para pequenos lanches entre as refeições pois detém grande poder de saciedade.


Óleo de coco

O óleo de coco é muito conhecido pelos seus benefícios cosméticos, proporcionando um alto poder de hidratação do cabelo e da pele. Mas seu consumo também é muito benéfico: substituindo óleos, ele é excelente para ser usado na preparação de pratos.


Peixes

Peixes enriquecidos em gordura como salmão, sardinha, atum, por exemplo, são ricos em ômega-3, um tipo de ácido graxo que é essencial para saúde do cérebro e atua diretamente na prevenção de infecções e inflamações.


Sementes

Sementes como a chia e a linhaça, por exemplo, são excelentes aliadas de quem está passando por dietas de reeducação alimentar justamente por promoverem uma sensação de saciedade, principalmente quando associadas a outros alimentos como iogurtes, por exemplo. Ricas em ômega-3, são aliadas da saúde do coração e do cérebro.


Azeite de oliva

O azeite é um clássico da alimentação saudável e uma ótima fonte de gordura boa. Perfeito para temperar saladas, ele é rico em ácido graxos e é um conhecido aliado do coração, prevenindo problemas cardiovasculares e hipertensão. É também muito conhecido por ajudar a prevenir o acidente vascular cerebral, conhecido como AVC.


Manteiga

A manteiga – não a margarina – é uma excelente fonte de gorduras boas, uma vez que é rica em ácidos graxos complexos como ômega-3 e ômega-6. Também é rica em nutrientes e proteínas lipossolúveis, além de minerais como selênio, que tem ação oxidante e previne infecções.


Melhores fontes de gordura boa

Os peixes, principalmente aqueles que vivem em água fria, são ricos em gorduras monoinsaturadas, que são boas, e em ácidos graxos do tipo ômega 3. Essas substâncias são fundamentais para o bom funcionamento do organismo.


Considerações finais

Não deixe de ingerir gorduras boas devido ao seu alto teor calórico. Se elas estiverem inseridas em uma dieta saudável, equilibrada e não forem consumidas em excesso, elas não vão fazer você engordar.


Quais alimentos são ricos em gorduras boas?

Conheça mais a seguir sobre as propriedades de alguns alimentos ricos em gorduras boas e entenda de quais formas eles podem auxiliar seu organismo.


Quais são os tipos de gorduras e como incluí-las na alimentação?

Só de falar em gorduras, algumas pessoas têm arrepios. Afinal, ainda dá medo de consumi-las por conta dos anos em que elas foram consideradas inadequadas em uma alimentação saudável. Sendo assim, confira como incluir — ou não — esse nutriente no seu cardápio.


Importância das Gorduras Boas

Entre elas estão: servir como fonte de energia na ausência dos carboidratos, são responsáveis pela absorção de algumas vitaminas como A, D, E e K, ajudam a manter a temperatura adequada do corpo e funcionam como proteção a órgãos como o cérebro e coração, aos ossos, nervos e tecidos em caso de quedas, traumas ou impactos.


Cuidado com as gorduras ruins

Entretanto, é bem verdade que não dá para exagerar no consumo das chamadas gorduras ruins – as saturadas e as trans – devido ao fato de que elas podem causar problemas de saúde como o entupimento das artérias e o aumento do colesterol do mal – o LDL -, acompanhado da diminuição do colesterol do bem – o HDL, algo que eleva as chances de desenvolvimento de acidente vascular cerebral (AVC), ataque cardíaco e problemas no coração..


Ingestão de gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas

De acordo com a Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, é recomendado que de 10% a 25% das calorias provenientes da dieta devem corresponder a gorduras monoinsaturadas. Para uma pessoa que ingere 2 mil calorias diariamente, isso significa comer de 200 a 500 calorias, ou 22 a 55 g desse tipo de gordura a cada dia.


Alimentos ricos em gorduras boas

Agora que já conhecemos um pouco sobre as gorduras que nos fazem bem, chegou a hora de conhecer quais são os alimentos ricos em gorduras boas. Confira na lista a seguir:


1 – Abacate

O abacate é muito saudável. É o tipo de alimento que deveria estar mais presente na alimentação das pessoas. Uma porção de 100 g de abacate contém por volta de 14,6 g de gorduras boas. A boa notícia é que aproximadamente 10 g do teor de gordura são provenientes de gorduras monoinsaturadas e quase 2 g correspondem a gorduras poliinsaturadas.


2 – Amêndoas

Uma porção equivalente a uma xícara de amêndoas possui cerca de 29,5 g de gorduras monoinsaturadas e em torno de 11,2 g de gorduras poliinsaturadas. Só é preciso ter atenção em relação às calorias, pois o teor calórico desta mesma xícara é de 532.


3 – Nozes

As nozes também são uma boa fonte de gorduras saudáveis e trazem 47 g de gorduras poliinsaturadas, incluindo o ácido graxo ômega 3 que melhora os níveis de colesterol e reduz a inflamação, e 9 g de gorduras monoinsaturadas a cada porção de 100 g.


Gorduras Ruins

O pior tipo de gordura dietética é o tipo conhecido como gordura trans. É um subproduto de um processo chamado hidrogenação que é usado para transformar óleos saudáveis ​​em sólidos e para evitar que fiquem rançosos.


Entre Gorduras

Gorduras saturadas são comuns na dieta americana.


Gorduras Boas

As boas gorduras vêm principalmente de vegetais, nozes, sementes e peixes. Eles diferem das gorduras saturadas por terem menos átomos de hidrogênio ligados às suas cadeias de carbono. Gorduras saudáveis ​​são líquidas à temperatura ambiente, não sólidas.

image

Leave a Comment