O açai e patentiado

image

O que é patente e para que serve?

Em resumo, a patente serve para proteger uma invenção ou uma criação dos concorrentes. Por meio da patente, os inventores se reservam o direito de explorar comercialmente sua produção intelectual, protegendo-a de possíveis cópias.

Quais coisas não podem ser patenteadas?

Algumas coisas não podem ser patenteadas. Por exemplo, você não pode patentear uma substância natural, leis da natureza ou uma fórmula matemática, embora possa patentear um processo que usa uma fórmula matemática. Para obter uma patente para sua invenção, você deve solicitar a patente.

Qual a validade da patente?

Nessa patente estão inclusos quaisquer produtos ou processos que realmente sejam inventados, ou seja, sem nenhum precedente, e que tenham aplicação industrial. Nesse tipo de patente, a validade é por 20 anos a partir da solicitação de registro.

Quais são os direitos do titular da patente?

O titular da Patente tem o direito de impedir terceiros, sem o seu consentimento, de produzir, colocar à venda, usar, importar produto objeto da patente ou processo ou produto obtido diretamente por processo patenteado. Terceiros podem fazer uso da invenção somente com a permissão do titular (licença).

image


De quem é a patente do açaí?

O açaí foi patenteado em 2003 pelo Japão como propriedade da empresa K.K. Eyela Corporation. Somente em 2007 o governo brasileiro conseguiu cancelar o registro da marca. As autoridades brasileiras também foram à Justiça para questionar o uso da marca por empresas norte-americanas, alemãs e inglesas.


De quem é a patente do cupuaçu?

A Asahi Foods, além de pedir a patente do cupulate, já registrou o nome cupuaçu como marca no Japão, nos Estados Unidos e na Europa.


De quem é a patente da rapadura?

A empresa alemã Rapunzel patenteou a rapadura na Alemanha em 1989 e nos Estados Unidos em 1993. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai tentar anular o registro da marca Rapadura feito pela empresa alemã Rapunzel Naturkost AG, segundo informações do Conjur.


Qual a família do cupuaçu?

MalvaceaeTheobroma grandiflorum / FamíliaMalvaceae é uma família de angiospermas que possui aproximadamente 765 espécies divididas em nove subfamílias, sendo encontrada por todos os estados brasileiros. É uma família pertencente à ordem Malvales, se localizando dentro do clado das Rosídeas. Wikipédia


Qual é a origem do cupuaçu?

Origem: Brasil. Ocorrência Natural: Amazônia brasileira, principalmente no Estado do Pará. Fora do Brasil é encontrado no Peru, Colômbia, México, Costa Rica, Panamá e Suriname, entre outros países.


Visão geral da patente

Então, o que exatamente é uma patente? Uma patente, a partir do ponto de vista dos americanos, é um documento gerado pelo Instituto de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO) que lhe confere a propriedade de sua invenção. Ele protege a propriedade intelectual contida em sua invenção.


Quando faz sentido solicitar uma patente?

Vale a pena notar que nem sempre é vantajoso buscar uma patente para uma invenção. Somente invenções com grande valor financeiro potencial devem ser patenteadas.


Determinando a patente certa para você

Se você decidir registrar uma patente, a primeira coisa a considerar é o tipo de patente necessária.


O Processo de Patentes

Para obter uma patente para sua invenção, você deve solicitar a patente. O processo geralmente começa com uma pesquisa de patentes para garantir que a inovação ainda não esteja coberta por outra patente. Em seguida, você preenche um formulário de pedido de patente junto com a documentação completa que descreve sua invenção e explica o que ela faz.


O que é patente?

A patente é um documento pelo qual se confere e se reconhece o direito de propriedade e de uso exclusivo de uma invenção do requerente (aquele que entra com o pedido), que pode ser pessoa física ou jurídica.


Para que serve uma patente?

Em resumo, a patente serve para proteger uma invenção ou uma criação dos concorrentes. Por meio da patente, os inventores se reservam o direito de explorar comercialmente sua produção intelectual, protegendo-a de possíveis cópias.


Qual é a sua importância?

A patente é uma ferramenta importante até mesmo para a sobrevivência de uma empresa no mercado. Trabalhar em inovação operacional e de design é algo que demanda milhões em investimentos, o que também requer o máximo de proteção possível.


Qual é a diferença entre marca e patente?

Motivo de muita confusão, você já deve ter se deparado com a expressão “patentear uma marca”. Ela não tem sentido agora que você sabe o que é uma patente e o que pode ser patenteado. Então, o que é uma marca?


Qual é a diferença entre invenção e modelo de utilidade?

Termos comumente vistos quando o assunto é patente, essas duas classificações têm significados distintos. Quando falamos de invenção, estamos relatando uma criação humana que dá origem a uma solução inédita, nunca antes proposta em uma situação. Geralmente, essa invenção é aplicada para a solução de um problema existente.


Quais são os tipos de patente?

A Lei nº 9.279/96 trata das patentes no Brasil e divide o registro em diferentes tipos: Patente de Invenção (PI) e Patente de Modelo de Utilidade (MU). Entenda melhor cada uma dessas possibilidades para saber como elas se aplicam a cada caso.


Como buscar uma patente?

Para registrar uma patente é necessário, primeiramente, fazer a busca por ela, ou seja, pesquisar para checar se já há algo igual devidamente protegido por lei. Por ser algo bastante amplo em relação às definições do que está incluso nessa patente, a busca precisa ser cuidadosa e feita com atenção.

image


Visão Geral Da Patente

Image
Então, o que exatamente é uma patente? Uma patente, a partir do ponto de vista dos americanos, é um documento gerado pelo Instituto de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO) que lhe confere a propriedade de sua invenção. Ele protege a propriedade intelectual contida em sua invenção. Se você possui uma p…

See more on embarcados.com.br


Quando Faz Sentido Solicitar Uma patente?

  • Vale a pena notar que nem sempre é vantajoso buscar uma patente para uma invenção. Somente invenções com grande valor financeiro potencial devem ser patenteadas. Se você não puder determinar a viabilidade do mercado para sua invenção, passar pelo processo de patente pode ser um empreendimento caro e demorado que produz pouco ou nenhum benefício financeiro. O…

See more on embarcados.com.br


Determinando A Patente Certa para Você

  • Se você decidir registrar uma patente, a primeira coisa a considerar é o tipo de patente necessária. Os dois tipos mais comuns de patentes são patentes de utilidade, concedidas para dispositivos, máquinas, processos, produtos químicos e outras coisas inovadoras, e patentes de projeto, que cobrem a aparência exclusiva do projeto físico de uma invenção. As patentes de uti…

See more on embarcados.com.br


O Processo de Patentes

  • Para obter uma patente para sua invenção, você deve solicitar a patente. O processo geralmente começa com uma pesquisa de patentes para garantir que a inovação ainda não esteja coberta por outra patente. Em seguida, você preenche um formulário de pedido de patente junto com a documentação completa que descreve sua invenção e explica o que ela faz. Esta documentaçã…

See more on embarcados.com.br

Leave a Comment