O que e uma açao extra judicial

image

Segundo o dicionário jurídico Dicio, o termo extrajudicial significa: “que acontece fora do âmbito judicial; que não é feito perante autoridade judicial; que é realizado fora da via judicial”. Este é um recurso interessante que pode ser usado para diversos propósitos. Entre os objetivos mais comuns para as ações extrajudiciais estão:

Full
Answer

Qual a diferença entre ação extrajudicial e ação judicial?

Porém, a princípio, devo já deixar bem claro que o termo extrajudicial refere ao fato de a ação não tramitar dentro de um tribunal, ou pelas mãos de um juiz. Enquanto isso, a ação judicial é justamente aquela em que temos a figura de um advogado intermediando, e ela tramita para dentro de um tribunal e é julgado por um juiz.

Como é feito o acordo extrajudicial?

Sua função é viabilizar que os indivíduos envolvidos conversem e resolvam o problema. Como o acordo extrajudicial é feito? Após as pessoas chegarem a um consenso, o acordo extrajudicial é assinado por elas, com duas testemunhas.

Qual a diferença entre título extrajudicial e extrajudicial?

Já o título extrajudicial é todo documento escrito que contém liquidez e traz certeza de uma dívida, que por lei é considerado como prova de crédito, proporcionando assim a dispensa da fase de conhecimento no momento da execução judicial.

Como funciona a ação judicial?

De acordo com o site JusBrasil, a ação judicial é um procedimento dividido em vários pontos, iniciando pelo protocolo inicial e passando a ter um grande tempo para a decisão do juiz. Este procedimento torna-se desgastante para todos os envolvidos, devido aos custos financeiros e psicológico também, de ambas as partes.

image


O que é ação extrajudicial?

Na cobrança extrajudicial não existe a presença ou a interferência de advogados ou qualquer tipo de ação judicial. Nesse tipo de cobrança, a empresa é quem entra em contato com o devedor e propõe um acordo para o devido acerto das contas. Por isso que ela é chamada de cobrança amigável.


O que acontece se eu não pagar uma dívida extrajudicial?

Durante o curso do processo, o juiz oferecerá um prazo para que o pagamento da dívida seja feito, sob o risco de penhora. Isso quer dizer que, caso você não cumpra com a sua obrigação de pagar a dívida, o processo de penhora dos seus bens começará. Há também o risco de ter a sua conta bloqueada.


Como funciona a cobrança extrajudicial?

A cobrança extrajudicial é aquela em que existe uma notificação que comprove a situação de inadimplência do consumidor. Ou seja, o devedor tem ciência da dívida e existe uma iniciativa para buscar uma solução.


Qual a diferença de notificação judicial e extrajudicial?

Notificação judicial – que é realizada via requerimento ao Poder Judiciário, tendo seu procedimento previsto nos artigos 726 a 729 do Código de Processo Civil – CPC; Notificação extrajudicial – que é realizada sem a necessidade de intervenção do Judiciário.


O que acontece quando o devedor não tem bens para penhorar?

Quando não encontrar bens penhoráveis, independentemente de determinação judicial expressa, o oficial de justiça descreverá na certidão os bens que guarnecem a residência ou o estabelecimento do executado, quando este for pessoa jurídica.


O que acontece se não tiver dinheiro para pagar processo?

Quando você não paga uma dívida judicial, o credor poderá pedir ao juiz diversas medidas contra você: bloqueio de conta bancária, inscrição do nome no SPC e Serasa, penhora de carro, penhora de imóveis, penhora de bens de valor e outros que possui em seu nome.


O que fazer quando se recebe uma notificação extrajudicial?

Seu recebimento é prova de que a pessoa que a recebeu tomou conhecimento do conteúdo da notificação. Então, se você recebeu uma notificação extrajudicial, entre em contato com quem te notificou e busque resolver amigavelmente a questão apresentada pelo notificante.


Quanto cobrar para fazer um acordo extrajudicial?

Em geral, 10% a 20% sobre o valor econômico da questão, mínimo R$ 2.666,74. 93 – CONTRATOS EM GERAL: Minuta de contrato ou de qualquer documento: 2% do seu valor, mínimo R$ 800,03.


Qual o valor de uma notificação extrajudicial?

R: Basta trazer 2 vias originais da notificação, assinadas e com endereço completo, valor de cada notificação R$ 139,70 – valor em cartório de Fortaleza/CE.


Quem pode emitir uma notificação extrajudicial?

Apenas um advogado pode fazer uma notificação extrajudicial? Qualquer pessoa pode emitir ou receber uma notificação extrajudicial. Não há restrições entre pessoa física ou jurídica que desejem utilizar essa ferramenta de resolução extrajudicial de conflitos.


Precisa de advogado para notificação extrajudicial?

Quem pode notificar Qualquer pessoa pode notificar extrajudicialmente outra, mas o deve ser feita e assinada por um advogado, pois este tem a capacidade técnica para manusear corretamente este instituto legal.


Qual o prazo para responder uma notificação extrajudicial?

prazo de dois anos.


A Ação Judicial

Quando uma empresa ou até mesmo pessoa física recorre a justiça para resolver uma pendência, um conflito, ou seja, resolver uma questão, está ajuizando uma ação judicial.


Antes Da Ação Judicial, é Preciso Fazer Uma Ação Extrajudicial

Não existe essa obrigatoriedade estabelecida em alguma lei. Porém, já é fato aceitado entre mediadores, advogados, especialistas e juízes que uma ação extrajudicial precede uma ação judicial.


Advogados Ajudam Em Ações Judiciais

Os advogados são os especialistas que acompanham autores e réus em um processo judicial. São eles quem criam a petição inicial baseada nos relatos de seu cliente e nas provas construídas.


Qual a Melhor Opção Entre Os Dois Tipos De Ações?

Isto irá depender da sua demanda, ou seja, do conflito em questão. Saiba que algumas situações são extremamente complicadas e apenas um juiz poderá sair em busca da solução.


A Mais Credit Está Com Você Em Ações Extrajudiciais De Financiamento

Está com pendência no financiamento? A Mais Credit Consultoria pode interceder na situação a partir da análise de seu contrato e apresentando um caminho para a solução.


Resumindo

Entender a diferença entre ação judicial e extrajudicial é muito fácil: A primeira se desenvolve dentro de um tribunal e com a presença de advogados e juízes, enquanto que a segunda é tramitada na via administrativa.


Mediação

Como o próprio nome diz, nessa modalidade de processo extrajudicial uma pessoa imparcial no conflito em questão faz a mediação de uma conversa entre as parte s. Nesse momento, a parte reclamante e a parte reclamada explicam o acontecido e contam seus lados da história.


Conciliação

Na categoria de processo extrajudicial com conciliação, o mediador também faz parte, mas neste caso ele pode ser mais participativo na negociação entre as partes.


Arbitragem

Nos processos judiciais com arbitragem, as partes optam por ter um ou mais árbitros, geralmente pessoas com vasto conhecimento do assunto, para decidir o conflito. Nesse caso eles atuam como verdadeiros juízes do caso e suas decisões têm o mesmo efeito de uma sentença feita dentro do Poder Judiciário.


Notificação, Cobrança e Acordo

Dentro de um processo extrajudicial, existem ainda três instrumentos que podem ser usados ao longo da ação, principalmente nos casos de cobrança. Vamos ver como eles funcionam.


Diferença entre processo judicial e processo extrajudicial

Agora que você já sabe o que é um processo extrajudicial, suas modalidades e instrumentos, vamos entender qual a diferença desse para um processo judicial.


Vantagens de fazer uma negociação com processo extrajudicial

Optar por uma negociação extrajudicial ao invés de uma ação no Judiciário possui benefícios enormes. O próprio Novo Código de Processo Civil promove essa escolha a fim de desafogar o Poder Judiciário para tratar dos casos realmente necessários dentro dessa esfera e melhorar a celeridade processual.


Entidades alternativas de resolução de disputas

Se alguém está falhando em responder à sua reclamação dentro de um prazo cabível, você poderá iniciar um processo alternativo de resolução de disputas através do PROCON, uma agência de cobranças ou um tribunal de pequenas causas, por exemplo.


Arbitragem extrajudicial

Você pode usar a arbitragem para resolver uma disputa, se tiver um contrato de arbitragem com a empresa ou pessoa com quem precisa resolver seu problema. Esse contrato especifica qual arbitragem é elegível para agir no assunto, seus dados de contato e o contrato que pode estar sujeito a uma disputa a ser resolvida por esse tribunal.


Mediação extrajudicial

A mediação é um método para resolver uma disputa om a ajuda de uma terceira pessoa imparcial, a mediadora. Usando um mediador, você e a outra parte trabalharão juntos para encontrar uma solução mutuamente aceitável por meio de um procedimento informal não público.


Como fazer um notificação extrajudicial?

Para que seja válida a notificação extrajudicial deve passar por um Cartório de Registro de Títulos e Documentos. Isto é importante para dar validade ao documento que será entregue ao destinatário da notificação.


Como a notificação extrajudicial pode ser usada como prova judicial?

A notificação pode ser usada como prova se não for possível solucionar a questão extrajudicialmente (fora da Justiça) e se for preciso ajuizar uma ação para discutir o problema. A notificação extrajudicial se torna uma prova de que a pessoa foi notificada de uma determinada situação e optou por não resolvê-la.


Tipos de títulos extrajudiciais

Há diversos tipos, com diferentes finalidades, o artigo 784 do Código de Processo Civil cita cada um deles, como, por exemplo, cheque, contrato e nota promissória. Abaixo traremos os principais para você entender melhor cada um deles.


O que é necessário para ser considerado válido?

Não é todo documento que possui registro de uma dívida que pode ser considerado um título judicial ou extrajudicial, mas para que o documento tenha validade é necessário que a obrigação a ser executada, ou seja, o pagamento, seja exigível, líquido e certo, do contrário isso pode trazer grande dor de cabeça no momento de buscar o direito do qual trata..


Como acontece a execução de título extrajudicial?

Há algumas situações onde os pagamentos não são realizados na data prevista, mas existe o título extrajudicial, que comprova dívida e será utilizado para que o credor receba os valores estabelecidos nesse documento que ficou em aberto.


O que é preciso para a notificação e execução?

Para melhorar o seu entendimento sobre o assunto, pincipalmente para os advogados que querem trabalhar na área, resolvi disponibilizar abaixo um questionário que irá facilitar o manuseio da sua notificação e possível execução extrajudicial:


Resolução amigável

Como informamos acima, a execução extrajudicial já é um procedimento autônomo da execução de um dos títulos elencados no artigo 784 do código de processo civil.

image


O Que É Ação Extrajudicial?

  • As seguintes entidades estão envolvidas na solução extrajudicial de questões, principalmente em causas do consumidor: a) entidades alternativas de resolução de disputas; b) tribunais de arbitragem permanentes; c) mediadores. Cada um deles possui características específicas, mas, em geral, o sistema extrajudicial de solução de controvérsias baseia-s…

See more on creditooudebito.com


Entidades Alternativas de Resolução de Disputas

  • Se alguém está falhando em responder à sua reclamação dentro de um prazo cabível, você poderá iniciar um processo alternativo de resolução de disputas através do PROCON, uma agência de cobranças ou um tribunal de pequenas causas, por exemplo. Ao selecionar uma entidade alternativa de resolução de disputas nessa lista, verifique se essa entidade está qualifi…

See more on creditooudebito.com


Arbitragem Extrajudicial

  • Você pode usar a arbitragem para resolver uma disputa, se tiver um contrato de arbitragem com a empresa ou pessoa com quem precisa resolver seu problema. Esse contrato especifica qual arbitragem é elegível para agir no assunto, seus dados de contato e o contrato que pode estar sujeito a uma disputa a ser resolvida por esse tribunal. A conclusão de um acordo de arbitrage…

See more on creditooudebito.com


Mediação Extrajudicial

  • A mediação é um método para resolver uma disputa om a ajuda de uma terceira pessoa imparcial, a mediadora. Usando um mediador, você e a outra parte trabalharão juntos para encontrar uma solução mutuamente aceitável por meio de um procedimento informal não público. Uma condição prévia para a mediação é que ambas as partes estejam interessadas e…

See more on creditooudebito.com

Leave a Comment