O quw é açao no plano de wnsino

image

O que é um plano de ação e para que serve?

O Plano de Ação serve, ainda, para monitorar e controlar as atividades que não fazem parte da rotina operacional. Neste sentido, podemos citar: novas iniciativas, melhorias, correções de problemas, etc. Para atividades rotineiras é aconselhável usar apenas um calendário ou um “to do list” (lista de tarefas).

Qual é a definição de plano?

O que é plano? Trata-se de uma noção geométrica para a qual não existe definição, apenas a ideia de uma superfície que não descreve curva alguma. Ouvir: O que é plano?

Como elaborar um bom plano de ação?

Nesta perspectiva, elaborar um bom Plano de Ação é uma das melhores formas de separar as etapas de elaboração da execução, obtendo um estudo mais detalhado de todas as atividades necessárias para atingir um determinado objetivo.

Como acompanhar a evolução do plano de ação?

É fundamental também desenvolver estratégias para acompanhar a evolução geral do seu plano de ação, bem como definir no cronograma os períodos em que fará essa análise. Quando identificado algum problema, deve-se listá-lo, identificar as suas causas e atribuir uma solução adequada para resolvê-lo.

image


Quais são as questões pertinentes ao plano de ensino?

O PPP deve abranger algumas questões, como:contexto social em que a escola está inserida;diretrizes pedagógicas exigidas pela BNCC;dados municipais relacionados à aprendizagem;elaboração de um plano de ação.


O que colocar em metodologia no plano de ensino?

Alguns exemplos de metodologia:Aplicação de exercícios.Aula expositiva.Dramatização.Estudo de caso.Estudo dirigido.Estudo de texto.Mapa conceitual.Painel.More items…


O que não pode faltar no plano de ensino?

Por isso, compartilho algumas dicas para garantir a boa elaboração desse instrumento:Use as informações e reflexões sobre sua turma. … Articule o planejamento. … Estruture o plano. … Tenha objetivos claros. … Seja flexível. … Ao reutilizar o plano, faça uma revisão profunda.


Quais são os elementos do plano de ensino?

Principais elementos de um plano de ensino eficienteTítulo da disciplina. A construção de um plano de ensino começa com as informações básicas de identificação da matéria. … Carga horária. … Ementa. … Objetivos gerais e específicos. … Justificativa. … Metodologia. … Conteúdo programático. … Critérios de avaliação.More items…•


Qual a sua metodologia de ensino?

A metodologia tradicional de ensino parte do princípio em que o professor é o narrador dos fatos e os alunos, os ouvintes. Dentro do espaço da sala de aula, o educador prepara o conteúdo previamente e o transmite aos estudantes, que têm a função de assimilar e memorizar o que foi ensinado.


O que é a metodologia de um plano de aula?

A metodologia para um plano de aula consiste no modelo que o professor vai escolher para realizar o ensino de determinado assunto ou disciplina. Simplificando, metodologia nada mais é do caminho que o docente escolhe para alcançar os seus objetivos.


Quais são as etapas de um plano de ensino?

As etapas necessárias para um bom planejamento são o conhecimento da realidade, a elaboração, a execução, a avaliação e o aperfeiçoamento do plano. Os componentes básicos de um plano são objetivos educacionais e instrucionais, conteúdos, procedimentos de ensino, recursos de ensino e avaliação.


Quais são as características de um bom plano de ensino?

O Plano de Ensino é um plano de ação; é o registro do planejamento das ações pedagógicas para o componente curricular1 durante o período letivo. É um instrumento didático-pedagógico e administrativo de elaboração e uso obrigatórios.


Quais itens deve contemplar um bom plano de atividades escolares?

Em geral, um bom plano de atividades, deve contemplar os seguintes itens:Objetivo geral a ser alcançando com o plano de ações;Lista de ações e atividades a serem executadas;Data de início e fim previsto para cada ação ou atividade;Orçamento alocado para cada ação ou atividade;Responsável pela execução de cada ação;More items…•


São elementos essenciais para a construção de um plano de aula?

Problematização do tema; Breve história do tema; Operacionalização da aula – descrição (em tópicos) do andamento da aula. Objetivos – Indicar o que os alunos devem saber no final da aula. Instrumentos – participação, atividades individuais ou em grupo, prova.


Consultas, exames e tratamentos

A ANS define uma lista de consultas, exames e tratamentos, denominada Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, que os planos de saúde são obrigados a oferecer, conforme cada tipo de plano de saúde – ambulatorial, hospitalar com ou sem obstetrícia, referência ou odontológico.


Segmentação Assistencial

Antes de contratar um plano de saúde, é preciso ficar atento ao tipo de cobertura assistencial que atenda às suas necessidades. A segmentação do plano é justamente a composição das coberturas. Ela vai definir a que tipo de atendimento você está tem direito.


Em que regiões do país seu plano poderá ser utilizado

Você deve verificar no seu contrato qual a área geográfica de cobertura do seu plano. Ela pode ser: nacional, estadual, grupo de estados, municípios e grupo de municípios.


Contexto histórico

O Plano Real resultou de uma série de decisões políticas internas e externas que afetaram diretamente o Brasil e ainda hoje possuem lastro nos debates acadêmicos. Desde a Era Vargas, sobretudo no final dos anos 1930, a dívida pública externa do país, que corresponde aos débitos acumulados por empréstimos contraídos de outros países, acumulava-se.


Quem implantou o Plano Real?

Fernando Henrique Cardoso foi um dos nomes mais credibilizados pelos sucessos do Plano Real em controlar a hiperinflação. Ele foi responsável por reunir a equipe econômica que construiu o plano.


Para que foi criado o Plano Real?

O Plano Real foi desenvolvido como uma tentativa de resolver o problema hiperinflacionário. Alguns dos planos anteriores obtiveram êxito em curtos períodos, porém os mesmos problemas voltavam a atingir a economia brasileira.


Consequências do Plano Real

Além do controle inflacionário no Brasil, que possibilitou importantes avanços em nossa História, o Plano Real produziu também efeitos culturais e políticos.


Artigos Relacionados

A constituição de 1988, O que é a constituição de 1988, Qual é a importância da constituição de 1988, Quando foi promulgada a constituição de 1988, O que mudou com a constituição de 1988, Quem foi os relatores da constituição de 1988.


Autores

Além de Dilson Funaro, outros economistas participaram da elaboração do Plano, como o Ministro do Planejamento João Sayad, Edmar Bacha, André Lara Resende e Persio Arida.


Principais Medidas

As principais medidas do Plano Cruzado foram editadas através dos decretos-leis nº 2.283 e nº 2.284, respectivamente de 28 de fevereiro de 1986 e 10 de março de 1986. O segundo decreto-lei corrigiu apenas alguns erros do primeiro. De maneira sucinta, as principais medidas do Plano Cruzado foram as seguintes:


Polêmicas

Um erro foi terem esquecido de trazer os preços a prazo de 30, 60, 90 dias ao seu valor presente a vista. Em vez de congelamento, ocorreu um aumento de 17%, 34%. Produtos vendidos com 30 dias tiveram um aumento real de 17%, a inflação media da época embutida nos preços.


Fatores de fracasso

O plano começou a fracassar exatamente devido ao desequilíbrio dos preços relativos da economia.


Resultado

O Plano Cruzado não apenas fracassou, como dele resultaram muitas ações judiciais até hoje em curso, na qual cidadãos comuns exigem de bancos e governos a reparação das perdas monetárias sofridas.

image


Consultas, Exames E Tratamentos

  • A ANS define uma lista de consultas, exames e tratamentos, denominada Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, que os planos de saúde são obrigados a oferecer, conforme cada tipo de plano de saúde – ambulatorial, hospitalar com ou sem obstetrícia, referência ou odontológico. Essa lista é válida para os planos contratados a partir de 02 de janeiro d…

See more on gov.br


Hospitais, Laboratórios E Médicos

  • Você deve notar dois pontos principais sobre a rede de hospitais, laboratórios e médicos conveniados ao seu plano. O primeiro ponto é que nem todos os planos têm direito à internação hospitalar. Os planos que dão direito à internação hospitalar são os de tipo hospitalar com obstetrícia, hospitalar sem obstetrícia ou plano referência. Veja no seu contrato qual é o tipo do …

See more on gov.br


Cobertura A Órteses E Próteses

  • Em contratos não regulamentados pela Lei nº 9.656, de 1998, é frequente haver exclusão de cobertura a órteses e próteses. Órtese é todo dispositivo permanente ou transitório, utilizado para auxiliar as funções de um membro, órgão ou tecido, evitando deformidades ou sua progressão e/ou compensando insuficiências funcionais. Prótese é todo dispositivo permanente ou transitó…

See more on gov.br


Segmentação Assistencial

  • Antes de contratar um plano de saúde, é preciso ficar atento ao tipo de cobertura assistencial que atenda às suas necessidades. A segmentação do plano é justamente a composição das coberturas. Ela vai definir a que tipo de atendimento você está tem direito. Clique aqui e conheça os tipos de cobertura dos planos.

See more on gov.br


em Que Regiões Do País Seu Plano poderá Ser utilizado

  • Você deve verificar no seu contrato qual a área geográfica de cobertura do seu plano. Ela pode ser: nacional, estadual, grupo de estados, municípios e grupo de municípios.

See more on gov.br


Contexto Histórico

  • O Plano Real resultou de uma série de decisões políticas internas e externas que afetaram diretamente o Brasil e ainda hoje possuem lastro nos debates acadêmicos. Desde a Era Vargas, sobretudo no final dos anos 1930, a dívida pública externa do país, que corresponde aos débitos acumulados por empréstimos contraídos de outros países, acumulava-se. U…

See more on mundoeducacao.uol.com.br


Quem implantou O Plano Real?

  • Fernando Henrique Cardoso foi um dos nomes mais credibilizados pelos sucessos do Plano Real em controlar a hiperinflação. Ele foi responsável por reunir a equipe econômica que construiu o plano. Entre os nomes envolvidos, destacam-sePérsio Arida, André Lara Resende (ambos também participaram do Plano Cruzadona década de 1980), Gustavo Franco, Pedro Malan, Edm…

See more on mundoeducacao.uol.com.br


para Que Foi Criado O Plano Real?

  • O Plano Realfoi desenvolvido como uma tentativa de resolver o problema hiperinflacionário. Alguns dos planos anteriores obtiveram êxito em curtos períodos, porém os mesmos problemas voltavam a atingir a economia brasileira. Muitos economistas avaliam que isso acontecia porque muitos desses planos anteriores concentravam-se nos efeitos, e não nas causas da hiperinflaçã…

See more on mundoeducacao.uol.com.br


Consequências Do Plano Real

  • Além do controle inflacionário no Brasil, que possibilitou importantes avanços em nossa História, o Plano Realproduziu também efeitos culturais e políticos. A Constituição de 1988, elaborada após 21 anos de ditadura no Brasil, tinha como característica a vinculação do governo federal, produzindo uma excessiva rigidez dos gastos da União. Isso dificultava bastante o ajuste fiscal …

See more on mundoeducacao.uol.com.br

Leave a Comment