O ue é percursso da açao

image


O que o currículo tradicional busca?

Segundo Silva (2009), a teoria tradicional de currículo busca a neutralidade, tendo como escopo principal promover a identificação dos objetivos da educação escolarizada, formando o trabalhador especializado ou, proporcionando uma educação geral e acadêmica.


Em que consistiu o currículo tecnicista?

III- O currículo tecnicista consistiu no processo de redemocratização do ensino com o surgimento do construtivismo. IV- O currículo na perspectiva sociológica surgiu na década de 1990, vinculada à promulgação da LDB.


Qual é o conceito de currículo?

Quanto à origem da palavra, currículo vem do latim “currere”, que significa rota, caminho. Representa, então, a proposta de organização de uma trajetória de escolarização, envolvendo conteúdos estudados, atividades realizadas, competências desenvolvidas, com vistas ao desenvolvimento pleno do estudante.


O que é o currículo humanista?

Currículo Humanístico O currículo humanista tem como base teórica a tendência denominada Escola Nova e esta defende que o currículo necessita levar em consideração a realidade dos alunos. Na ênfase humanista, segundo McNeil (2001b) a atenção do conteúdo disciplinar se desloca para o indivíduo.


O que é uma visão tecnicista?

O tecnicismo é uma estrutura pedagógica de visão capitalista dentro das tendências liberais, que despreza as relações afetivas professor-aluno e valoriza a técnica e a reprodução sistematizada atrelada às capacidade e habilidades dos indivíduos.


O que é o currículo na pedagogia?

De maneira geral, pode-se afirmar que currículo é a seleção cultural de determinados conhecimentos e práticas de ensino-aprendizagem que, produzidos em contextos históricos determinados, procuram garantir aos educandos o direito à riqueza de conhecimentos e de cultura produzidos socialmente.


O que é currículo escolar resumo?

O currículo escolar funciona como um guia de todo o processo educacional, pois ele determina o caminho que os alunos vão percorrer na escola. Nele, estão organizados os conteúdos que serão estudados, bem como as atividades e competências a serem desenvolvidas.


O que é currículo para a educação?

O currículo escolar é o caminho que o estudante deve percorrer durante sua vida na escola. Nele, estão organizados os conteúdos que o aluno vai aprender ao longo do estudo em uma instituição de ensino.


Quais são as teorias do currículo?

Do ponto de vista acadêmico, podemos classificar as teorias do currículo em três tipos: teorias tradicionais, teorias críticas e teorias pós-críticas.


Quais as características presentes na concepção de currículo?

Sobre as características presentes na concepção de currículo, analise as sentenças a seguir: I- O currículo tradicional busca o preparo dos indivíduos para o modelo fabril de trabalho. II- O currículo como um documento necessário e específico para cada nível e modalidade de ensino.


Qual a importância do currículo oculto no âmbito da sala de aula?

O currículo oculto nas escolas serve para reforçar as regras que cercam a natureza e o uso dos conflitos. E estabelece uma rede de suposições que visa determinar regras sobre a conduta dos estudantes.


Quando surgiu a escola nova no Brasil?

1882No Brasil, as idéias da Escola Nova foram inseridas em 1882 por Rui Barbosa (1849-1923). O grande nome do movimento na América foi o filósofo e pedagogo John Dewey (1859-1952). John Dewey, filósofo norte americano influenciou a elite brasileira com o movimento da Escola Nova.


Porquê uma moeda comum

A criação de uma união económica e monetária foi uma ambição recorrente da União Europeia desde o final da década de 1960. Uma união deste tipo implica a coordenação das políticas económicas e orçamentais, uma política monetária comum e uma moeda comum, o euro.


O caminho percorrido até ao euro

A estabilidade monetária internacional verificada nos primeiros anos do pós-guerra não durou muito. As perturbações nos mercados cambiais internacionais puseram em causa o sistema de preços comuns da política agrícola comum, um dos principais pilares da então Comunidade Económica Europeia.


De Maastricht ao euro e à zona euro (1991 a 2002)

O Relatório Delors propunha um período de transição em três etapas, entre 1990 e 1999, para concretização da União Económica e Monetária e da zona euro. Os responsáveis europeus aceitaram as recomendações do Relatório Delors.


Países que usam o euro

Países da UE que usam o euro, com especial destaque para a área do euro, também conhecida por zona euro, países da UE não pertencentes à zona euro e países que optaram por não participar no euro.


Gestão do euro

A gestão e as medidas de segurança do euro, bem como os critérios para a sua adoção, são da responsabilidade da Comissão Europeia e do Banco Central Europeu.


Viver, trabalhar e viajar na UE

Conselhos para viver, trabalhar ou viajar na UE e informações sobre vistos e imigração para cidadãos de países que não pertencem à UE e sobre a cultura europeia.


Legislação

Legislação e acórdãos da UE, aplicação da legislação europeia, consultas públicas, proteção de dados, infrações, luta contra a fraude e a criminalidade grave.e.


Educação

Oportunidades de ensino e formação, ação da UE no domínio escolar, da juventude, do ensino superior, da educação de adultos e da formação profissional.

image

Leave a Comment